quinta, 31 de janeiro de 2019 - 15:40h - 1067
Olimpíadas Amapá Jovem reforçam estoque do Hemoap com 66 bolsas de sangue
Ação faz parte de gincana solidária da Secretaria de Juventude que levou 120 jovens para doarem sangue no instituto, durante dois dias.
Por: Elmano Pantoja
Foto: Elmano Pantoja/Sesa
No primeiro dia, o Hemoap conseguiu 52 bolsas; no segundo dia, foram 14 bolsas

O Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) ganhou um grande aliado para reforçar e garantir um estoque seguro de bolsas de sangue, em uma ação solidária proposta pela Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv). A programação faz parte das gincanas da primeira edição das Olimpíadas Amapá Jovem.

A ação foi dividida em dois dias (30 e 31 de janeiro) para atingir o máximo de jovens, possível. As competições acontecem entre os beneficiários dos 15 polos do Programa Amapá Jovem, distribuídos em Macapá. No primeiro dia, o Hemoap conseguiu 52 bolsas com a doação de sangue de 70 jovens; no segundo dia, foram 14 bolsas com participação de 50 doadores.

“A tarefa de cada grupo para pontuar era levar, no mínimo, 10 participantes de cada polo para doar sangue no Hemoap. Pensamos em promover esta gincana solidária para mostrar que o programa não é só curso e atividades formativas. Mas, também incentivar nossos jovens a se tornarem doadores de sangue”, justificou o secretário Extraordinário de Políticas para a Juventude, Pedro Filé.

Além desta ação solidária, as Olimpíadas Amapá Jovem também têm jogos de vôlei, futsal e basquete.  As competições iniciaram na segunda-feira, 28, e encerram no sábado, 2, com o campeonato de xadrez, num shopping da capital.

Um dos participantes é o Hedy Jhemersom de Deus, 27 anos. Ele considera importante ter nas Olimpíadas uma tarefa voltada para a doação de sangue. “Essa é segunda vez a que venho doar, e acho que uma mobilização como essa, é importante não apenas para o Hemoap, mas também, para acender esse espirito solidário na juventude”, compartilhou.

A chefe de Captação e Orientação Social do Instituto de Hematologia e Hemoterapia, Marcela Vales, reforça que esse tipo de ação é sempre bem-vinda. “No início do ano, muitos doadores assíduos viajam e nosso estoque fica baixo. Daí a importância dessas mobilizações e agradecemos toda e qualquer iniciativa para manter o nosso de estoque abastecido”, afirmou.

No encerramento das ações, a pontuação de cada polo será computada e os jovens dos três polos mais bem colocados, ganharão sessões de cinema. “O importante de tudo isso é o envolvimento da nossa juventude e deixá-los, o mais longe possível, do risco de estarem vulneráveis socialmente”, argumentou o secretário Pedro Filé.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá