quinta, 30 de maio de 2019 - 14:45h - 1205
Empreendedores do Terminal Rodoviário passarão a trabalhar em estrutura revitalizada
Primeiro dos seis blocos que estão sendo reformados deve ser liberado nos próximos dias; para a revitalização, está sendo interditado um bloco por vez.
Por: Joyce Batista
Foto: Setrap
Empresa licitada pretende transformar Terminal em um shopping rodoviário

As dezenas de empreendedores e representantes empresariais, que atuam no Terminal Rodoviário de Macapá, começam a ser beneficiados com a reforma dos boxes de venda. A reforma faz parte do plano de reestruturação do local executado pela empresa Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda. (Sinart) que venceu a licitação da Secretaria de Estado de Transporte (Setrap), para a realização do serviço.

Todos os boxes passarão por revestimento das paredes, troca de portas, balcão e vidro de atendimento, além de ajustes na rede elétrica. A estrutura será padronizada, com oito boxes cada, além de um banheiro e uma sala de administração. A exceção é o bloco destinado às empresas de transporte que contam, ainda, com almoxarifado e guarda-volumes para atender suas necessidades diárias com o envio e recebimento de mercadorias.

O primeiro bloco já está pronto e deve ser liberado aos empreendedores nos próximos dias. Para a realização da reforma, está sendo necessário interditar um bloco por vez, pois o funcionamento 24h do local não permite a paralisação total das atividades. A previsão é de que todos estejam revitalizados até setembro deste ano.

Além da reforma, o plano de reestruturação do terminal prevê atrair outros segmentos da área comercial. “A ideia é transformar o terminal em um shopping rodoviário, atraindo outras empresas e a população para o local, especialmente, da zona norte da cidade, mas tudo isso será conduzido pela empresa que está executando a reforma”, afirmou o diretor de Transportes da Setrap, Andrey Rego.

Melhorias

Desde que assumiu a gerência, em setembro de 2018, a Sinart fechou o estacionamento e reduziu o espaço da pista de embarque e desembarque na entrada do terminal, com o objetivo de evitar a permanência de transporte clandestino. Além disso, toda a cobertura metálica e a claraboia (abertura no alto das edificações que permite a iluminação natural) foram substituídas.

Segundo os próprios empreendedores, as obras já começam a proporcionar um espaço mais agradável. “Antes, o movimento era melhor, mas faltava organização. Com a reforma, os espaços estão ficando mais organizados. Espero que esse trabalho se reflita no aumento das vendas dos nossos produtos”, disse a comerciante Evelin Nunes.

No Terminal Rodoviário de Macapá atuam empresas de transporte intermunicipal, lojas de artigos para presentes, ótica e serviços de informática. Segundo a Setrap, as melhorias na estrutura física e organizacional trazem benefícios, não só aos passageiros e empreendedores, mas também ao Estado, que passará a ter direito sobre a arrecadação de impostos por parte das empresas dentro de cinco anos de concessão, o que não ocorria anteriormente.

“O Terminal Rodoviário, hoje com 20 anos, nunca teve o Estado agindo sobre ele. Nunca se cobrou pelo metro quadrado do espaço, luz ou água. Ou seja, era muito prático qualquer um montar um empreendimento ali. E esse foi um dos grandes motivos de se realizar a licitação, para poder organizar todo esse serviço”, justificou Rego.

A concessão do Terminal Rodoviário de Macapá à iniciativa privada terá a duração de 25 anos, com estimativa de R$ 2,4 milhões em investimentos na estrutura física do espaço nos dois primeiros anos.

Empresa

A Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico é uma empresa reconhecida nacionalmente pela gestão de serviços rodoviários, responsável pela administração de 47 terminais em outros dez estados. São eles: Pará, Bahia, Alagoas, Ceará, Piauí, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, São Paulo e Rio de Janeiro.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá