sexta, 30 de abril de 2021 - 10:39h - 4668
13º e folha de abril: Governador Waldez dá injeção financeira de R$ 222 milhões na economia amapaense
Pagamento do 13º foi depositado nas contas na manhã desta sexta-feira, 30. Também já está sendo depositada a folha salarial de abril.
Por: Da Redação
Foto: Arquivo/Secom
Reforço financeiro faz parte do pacote de proteção à vida e à economia elaborado pelo governador Waldez e equipe técnica para amenizar os impactos da pandemia de coronavírus

Antecipando a previsão de pagamento para o Dia do Trabalhador, a primeira parcela do 13º salário do funcionalismo público do Amapá de 2021 foi paga nesta sexta-feira, 30 de abril. A informação foi confirmada pelo governador Waldez Góes nesta manhã.

O secretário da Fazenda, Josenildo Abrantes, explicou que o pagamento foi antecipado à previsão inicial porque o credor bancário informou que não poderia efetuar o depósito nas contas dos servidores no Dia do Trabalhador, sábado, 1º de maio, por ser feriado. Para que não saísse somente na segunda-feira, 3 de maio, o governador decidiu antecipar os proventos para esta sexta-feira.

Junto com a injeção financeira de R$ 94,5 milhões do 13º salário do funcionalismo estadual – incluindo os servidores da Unidade Descentralizada Estadual (UDE) – o governo estadual também está injetando na economia nesta sexta-feira outros R$ 128 milhões, referentes à folha salarial do mês de abril, que está sendo depositado desde as primeiras horas do expediente bancário nas contas dos servidores.

Essa injeção de R$ 222,5 milhões deve aumentar ainda mais nos próximos dias, quando o Governo do Amapá também deverá efetuar o pagamento de programas sociais e auxílios emergenciais, perfazendo um montante aproximado de R$ 266 milhões na economia amapaense.

Esse reforço financeiro faz parte do pacote de proteção à vida e à economia elaborado pelo governador Waldez e equipe técnica para amenizar os impactos da pandemia de coronavírus.

“Com essas medidas também querermos reforçar a importância dos cuidados com a prevenção para evitar outro lockdown. Esses pagamentos e a antecipação do 13º devem impactar em torno de 2% do PIB estadual, fomentando diretamente a economia amapaense. Conseguimos reduzir a taxa de transmissão e agora vamos para um novo desafio que é ter as atividades funcionando, garantindo emprego e renda para a população e continuar controlando a pandemia”, avalia o governador.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá