terça, 30 de janeiro de 2018 - 21:18h - 1336
Selo Amapá também valoriza entidades sociais
Venda de pães caseiros para manter abrigo será reforçada com a certificação concedida pelo governo do Estado.
Por: Leidiane Lamarão
Foto: Marcelo Loureiro
Irmã Marselina recebeu a certificação das mãos do governador Waldez Góes e do presidente da Agência Amapá, Eliezir Viterbino

A microempresa Pães Bethânia, que é administrada pelas irmãs Rosane Cordeiro, Marselina, Frederika e outras irmãs cáritas, foi umas das contempladas com o certificado de autorização de uso do “Selo Amapá - Produtos do Meio do Mundo – Amapá – Amazônia –Brasil”, lançado nesta terça-feira, 30, pelo governo do Estado. Para a irmã, o recebimento da certificação vai possibilitar o amento na venda dos pães, pois o selo vai reforçar a qualidade do produto. Muito emocionada pela certificação, irmã Marselina agradeceu o apoio do governo em ajudar no crescimento da pequena empresa que, segundo ela, irá oportunizar mais qualidade de vida aos jovens e adolescentes do abrigo Lar Bethânia, em Santana.

“Passa um filme na cabeça ao lembrar que isso tudo começou a partir de uma enorme necessidade de manter o nosso lar e hoje recebemos este selo que vai valorizar ainda mais o nosso produto, que é o pão, e eu tenho a certeza que mais mercados se abrirão e nós poderemos dar mais qualidade de vida a todos do Lar Bethânia”, destacou Marselina.

O Abrigo Lar Bethânia foi construído pelas Discípulas de Jesus Eucarístico com recursos da Fundação Marcelo Cândia, da Itália, em 2007, para cuidar de crianças e adolescentes vítimas de abandono e promover a evangelização. É mantida pelos benfeitores italianos, pelo trabalho das religiosas e convênios com o Poder Público. Hoje o lar abriga cerca 25 crianças que são assistidas pelas irmãs e pelas mães educadoras.

Uma das atividades das irmãs para manter a Casa Abrigo é a venda de pães caseiros em mercados de Macapá e Santana, nas terças e sábados. De acordo com irmã Marselina, a ideia da fabricação e venda dos pães surgiu da necessidade de manter as despesas do abrigo, com o tempo, passou a ser rotina, e hoje é a principal atividade das irmãs. Na pequena fabricação dos pães trabalham três mulheres, duas diretamente na cozinha e a outra dirige o veículo que foi recebido por meio de doação para a distribuição dos pães nos comércios e supermercados. Marselina acredita que com o fortalecimento da marca, logo poderá expandir o negócio.

“Nosso principal objetivo é conseguir manter o abrigo e dar melhor qualidade de vida às nossas crianças, mas agora já consigo ver que poderemos ir além, quem sabe com a expansão poderemos, num futuro próximo, ajudar as mães da nossa comunidade, ofertando vagas de emprego na nossa fabricação e distribuição dos pães”, observou Marselina.

A fábrica pês Bethânia funciona no próprio abrigo, localizado na Rua C1 550, Vila Amazonas, no município de Santana.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá