quarta, 30 de janeiro de 2019 - 22:43h - 1616
Amapá e Banco da Amazônia assinam protocolo de investimentos de mais de R$ 400 milhões
Recursos poderão ser aplicados para o desenvolvimento das potencialidades do Estado, como o setor produtivo e a construção civil.
Por: Da Redação
Foto: Irineu Ribeiro / Secom
Setor produtivo será beneficiado com as linhas de crédito oferecidas pelo Banco da Amazônia

Levar aos amapaenses alimentos de qualidade a preço justo é o principal objetivo da Distribuidora Estrela, empresa atuante no Amapá há mais de 10 anos. “Com o financiamento da linha FNO Amazônia Sustentável, consegui ampliar o faturamento da empresa em 40%”, afirma Francisco de Assis Junior, sócio-proprietário da distribuidora. Em 2019, o empresário pretende ampliar a empresa para outros estados, além de iniciar novos empreendimentos em outros setores, com as linhas de crédito operadas pelo Banco da Amazônia na região.

Para realizar e ampliar mais negócios como este no Amapá, o governador do Estado, Waldez Góes, e o presidente do Banco, Valdecir Tose, assinam, nesta quinta-feira, 31, o Protocolo de Intenções para Aplicação de Recursos em 2019. Neste ano, a instituição disponibiliza, inicialmente, R$ 293,4 milhões para a economia do Estado, sendo R$ 273 mi de recursos do FNO e R$ 19,8 milhões da Carteira de Crédito Comercial. Conforme a demanda dos amapaenses, este valor poderá chegar a R$ 450 milhões.

De acordo com o superintendente regional da instituição financeira no Pará e Amapá, Luiz Lourenço, no ano de 2018, o Banco da Amazônia aplicou mais de R$ 120 milhões somente no Amapá. “A expectativa é ampliar este resultado para 2019 em parceria com o governo do Estado. Por isso, a importância da assinatura deste protocolo para firmar o compromisso de aplicar os recursos de fomento disponíveis para o desenvolvimento das potencialidades econômicas amapaenses”, afirmou.

Para Lourenço, a economia do Amapá está em ascensão, possibilitando o desenvolvimento de novos negócios e a ampliação dos empreendimentos do Estado. “Neste ano, estamos com boas expectativas para o Amapá, principalmente nos setores de comércio, serviços e agro. Dessa forma, pretendemos auxiliar ainda mais o desenvolvimento da economia do Amapá”, ressalta o superintendente, que também destacou a participação do Banco nesse cenário, pois 77,9% do crédito de fomento realizado no Estado conta com recursos da instituição.

Outra iniciativa que conta com o apoio do Banco é a embarcação Catamarã “Rio Araguari”, que realizará a viagem de Macapá para Belém em 12 horas, proporcionando mais conforto e agilidade aos amapaenses. O navio está sendo construído pela empresa Rios Linhas Fluviais da Amazônia LTDA, que buscou o apoio do Banco para conseguir implementar essa nova opção de locomoção aos usuários. “Sem o financiamento, não poderíamos construir essa nossa primeira embarcação. O Banco disponibiliza juros baixos que viabilizou o negócio e possibilitou colocar em prática o projeto”, destacou Jorge Amanajás, sócio da empresa.

FNO

Com a atuação do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), principal fonte de recursos do Banco, a região amazônica conquistou resultados positivos, como a diminuição da pobreza, a geração de emprego e renda, a contenção do êxodo rural, a inclusão social e a redução das desigualdades intra e inter-regionais. “Os impactos são imensos, pois a cada 100 empresas ou novos negócios, 63 têm a participação do Banco, através do FNO”, informou o presidente.

Além dos investimentos em negócios, por meio das distintas linhas do FNO, o Banco também passa a operar novos produtos em 2019: o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), oferecendo aos estudantes amapaenses juros mais baixos para realizar o curso de graduação, a linha Energia Verde, que apoia a produção de energias renováveis na região e o FNO Infraestrutura, com recursos destinados para obras que beneficiem a vida da população, como saneamento básico, telecomunicações, transporte, dentre outras.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá