sexta, 28 de agosto de 2020 - 22:00h - 766
Agosto Lilás: adesivaços e rodas de conversa são destaque da campanha no Vale do Jari
O mês é alusivo nacionalmente à conscientização e combate à violência doméstica. Ações aconteceram nos dias 26, 27 e 28 de agosto.
Por: Alice Valena
Foto: Ascom/Sepm
Foram aproximadamente 200 carros adesivados durante a ação.

O Governo do Amapá promoveu durantes os dias 26, 27 e 28 ações alusivas ao Agosto Lilás – mês nacional de conscientização e combate à violência doméstica – no Vale do Jari. Rodas de conversas, encontros e adesivaço foram algumas das atividades realizadas pela Secretaria Extraordinária de Política para Mulheres do Estado em parceria com Coordenadoria Especial de Mulheres de Laranjal do Jari, além de instituições municipais de Vitoria do Jari.

Na roda de conversa intitulada Dando evidência à Rede de Combate e enfrentando a violência contra a mulher, participaram representantes de vários órgãos pertencentes à Rede de Atendimento à Mulher, como a Delegacia de Mulheres de Laranjal do Jari, Batalhão da Polícia Miitar e a Guarda Municipal. Contou ainda com órgãos de assistência social e saúde, além da Câmara de Vereadores do município. Tudo focado em como fortalecer a Rede e quais os procedimentos a serem adotados nos casos de violência, articulando e entrelaçando a competência de cada um agente público.

Para a gerente de Articulação Institucional da Sepm, Lucianne Gomes, o encontro mostrou, sobretudo, as demandas de cada órgão e como podem unir forças para coibir a violência doméstica no município.

"Em breve retornaremos ao município com as ações dentro dos órgãos da RAM, parceria com o Conselho Municipal de Mulheres e, é claro, com os movimentos sociais de mulheres", disse.

Nesta quinta-feira (27) e sexta-feira (28) em Laranjal e Vitória do Jari foram realizados adesivaços com o tema Campanha de Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

Foram aproximadamente 200 carros participantes, órgãos municipais, escolas e estabelecimentos comerciais em ambos os municípios com o intuito da conscientização sobre as denúncias acerca da violência contra a mulher. Dentre os automóveis, também destaque à parceria com taxistas.

Segundo a coordenadora do Cram de Laranjal do Jari, Maria de Lourdes Mesquita, foi identificado que taxistas presenciavam brigas por parte de casais de passageiros. Alguns gostariam de denunciar e participar de alguma campanha que abraçasse a causa.

“Por isso adesivamos os carros deles também, para terem essa conscientização que violência contra a mulher é crime e precisa ser denunciado”, pontuou a coordenadora.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá