segunda, 27 de maio de 2019 - 17:24h - 2934
Aprovado projeto que cria o Conselho de Segurança Pública e Defesa Social
Objetivo do Conselho é ajustar as estratégias de ação da segurança pública no Estado e a necessária harmonia com os demais entes federados
Por: Izael Marinho
Foto: Digulgação/Sejusp
Secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Carlos Souza, comemorou a aprovação do projeto de lei na Alap

A Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) aprovou nesta segunda-feira, 27, o projeto de lei de autoria do Executivo que cria Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Conesp). Após a aprovação, a lei será encaminhada para sanção do governador Waldez Góes.

Na mensagem encaminhada ao Legislativo, o governador Waldez Góes defendeu que a lei “pretende inserir o Amapá nos moldes da atual Política Nacional de Segurança Pública (PNSP), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, como forma de garantir sua participação no Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) e, portanto, no acesso às políticas nacionais da pasta”.

O objetivo do Conselho é ajustar as estratégia de ação da segurança pública no Estado e a necessária harmonia com os demais entes federados, uma vez que a criminalidade extrapola os limites territoriais dos Estados, causando, entre outras consequências, o surgimento de organizações criminosas que se instalam nas unidades prisionais brasileiras e comandam ações de extremo risco para a sociedade.

O secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Carlos Souza, afirmou que a criação do Conesp integra a estratégia do Governo do Amapá para o setor. “O alinhamento da política estadual de segurança com a política nacional precisa de três requisitos: a existência do Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social — etapa cumprida; o Fundo Estadual de Segurança Pública (FESP), também cumprida; e a criação do Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Conesp), aprovado pela Assembleia Legislativa”, explicou Souza.

Em 2015, a Sejusp elaborou o primeiro Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, que adotou premissas das diversas políticas nacionais dispersas, alinhando-as com as ações locais e diretrizes nacionais.

O Conesp está vinculado à Sejusp e é um órgão colegiado, heterogêneo, com competência consultiva, sugestiva e de acompanhamento social das atividades de segurança pública e defesa social, respeitando as instâncias decisórias e as normas de organização da administração Pública.

O Conselho fará o acompanhamento das instituições do Sistema Estadual de Segurança Pública e poderá recomendar providências legais aos seus respectivos gestores, de modo a considerar, entre outros, os atos definidos em regimento interno ou em norma específica.

Composição

O Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social será composto por 16 membros e presidido pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública. Também farão parte representantes da Polícia Militar; Corpo de Bombeiros Militar; Delegacia-Geral de Polícia Civil; Polícia Técnico-Científica (Politec); Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen); Departamento Estadual de Trânsito (Detran); Tribunal de Justiça do Estado (Tjap); Defensoria Pública do Estado (Defenap); Ministério Público do Estado (MPE/AP); Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AP); Polícia Federal (PF); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Guardas Civis; entidades e organizações da sociedade civil cuja finalidade esteja relacionada com políticas de segurança pública e defesa social do Amapá; e representantes de entidades profissionais de segurança pública.

Os representantes das organizações da sociedade civil serão eleitos por meio de processo aberto a todas as entidades e organizações cuja finalidade esteja relacionada com as políticas de segurança pública.

Cada Conselheiro terá direito a um suplente, que o substituirá em caso de ausência. O mandato dos membros indicados pelas instituições e o dos membros eletivos pelas entidades da sociedade civil terá a duração de dois anos, permitida uma única recondução ou reeleição.

Os membros do Conselho Estadual de Segurança Pública não receberão qualquer tipo de remuneração.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá