quinta, 26 de abril de 2018 - 19:28h - 960
Defesa Civil monitora deslizamento de terra em Vitória do Jari
Não houve pessoas feridas e nem danos patrimoniais. Mas, os militares foram ao município avaliar o local para elaborar um laudo técnico.
Por: Ailton Leite
Foto: Cedec
O deslizamento abriu uma cratera perto da unidade da Caesa. Defesa Civil orientará o município a tomar medidas para não prejudicar o fornecimento de água

Os militares da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cedec) que estão monitorando a cheia no município de Laranjal do Jari, na região Sul do Amapá, foram chamados nesta quinta-feira, 26, pela prefeitura do município vizinho de Vitória do Jari. As equipes foram até a cidade avaliar o deslizamento de terra que abriu uma cratera com aproximadamente 15 metros de altura e 6 metros de largura, próximo ao muro da unidade da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa).

O subcomandante do 8° Grupamento de Bombeiros Militar (8º GBM) de Vitória do Jari, capitão Emerson Pessoa, informou que o deslizamento foi provocado pelo rompimento da caneleta responsável pelo escoamento da chuva para o rio que banha a cidade. Com o rompimento, a água infiltrou no solo causando o deslizamento.

“Não houve pessoas afetadas e nem danos patrimoniais. Porém, fomos acionados pela prefeitura para realizarmos uma avaliação do local e para a elaboração de um laudo técnico do acidente”, informou o oficial.

Conforme explicou o capitão Emerson Pessoa, como o solo é arenoso, há perigo de um novo deslizamento. “Há aproximadamente 45 dias, ocorreu um deslizamento no mesmo local, porém, com proporções menores”, relatou.

Segundo o secretário executivo da Defesa Civil Estadual, coronel Alexandre Veríssimo, que esteve na região, a Cedec deve acelerar o parecer técnico sobre o deslizamento, para que a prefeitura possa tomar as medidas necessárias.

"Essas medidas poderão evitar, por exemplo que, a população tenha o fornecimento de água interrompido, caso aconteça um novo deslizamento e, atinja a tubulação que está próxima do local", enfatizou Veríssimo.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá