sexta, 26 de abril de 2019 - 21:00h - 812
50 Candidatos disputam vagas de procurador do Estado
Candidatos estão nas fases finais do concurso: prova oral e prova de títulos, com duração de três dias. Salário inicial é de R$ 22,2 mil.
Por: Nathacha Dantas
Foto: Irineu Ribeiro / Secom
Prova oral iniciou nesta sexta-feira e deve ser finalizada no domingo, 28, com a participação de 50 candidatos

Os candidatos ao concurso público para a carreira de procurador (Classe I), da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), devem concluir as últimas fases, prova oral e de títulos, no domingo, 28. Dos 1600 inscritos, 50 candidatos conseguiram superar as etapas anteriores e seguem concorrendo às cinco vagas imediatas com salário inicial de R$ 22,2 mil.

O governo do Estado lançou o edital em junho de 2018 e o certame já passou por três fases: inscrição, prova objetiva e prova discursiva. Agora, os candidatos devem superar a quarta e quinta fases, que estão em curso. Conforme o edital, a data prevista para o resultado da prova oral é 7 de maio deste ano. Já o resultado da prova de títulos e o resultado final do certame ainda terão datas definidas.

O candidato Gabriel de Alcântara, 28 anos, natural do Ceará, se preparou três meses apenas para essa fase e foi um dos primeiros a concluir a prova oral. “O maior desafio foi controlar o nervosismo, mas consegui concentrar e externar todo o conhecimento que adquiri nos estudos”, afirma.

O paraibano Marcelo Ramos, 31 anos, também se classificou e diz estar seguro para essa etapa. “Cada fase tem sua complexidade e exige uma carga de esforço necessários. Me preparei e estou confiante que serei um dos procuradores do Amapá”, garante Marcelo.

O procurador-geral do Estado, Narson Galeno, que está acompanhando pessoalmente todo o processo, atribui a realização do concurso aos esforços do governo em atender um pleito antigo da categoria. “O governador Waldez entendeu a necessidade de termos mais procuradores para que o Estado tenha fortalecimento nas questões jurídicas. Com mais profissionais teremos suporte e tranquilidade para atender às altas demandas de processos licitatórios comandados por procuradores”, pontuou Galeno.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá