quinta, 25 de julho de 2019 - 18:49h - 9609
Tradição por trás das vestes das figuras de São Tiago é passada de mãe para filha
Há dois anos, Fabi da Silva assumiu a missão de vestir as figuras para a encenação da batalha entre mouros e cristãos, que ocorre em Mazagão Velho.
Por: Anne Santos
Foto: Maksuel Martins/Secom

Vestir uma figura da Festa de São Tiago requer habilidade e muita atenção, com um ritual e ordem de acordo com a encenação de cada personagem, na batalha entre os mouros e os cristãos, em Mazagão Velho. Por muitos anos, essa tarefa foi desempenhada pela costureira Rosicema Viana (in memória), que passou todo o ensinamento para a filha, Fabi da Silva, estilista atualmente responsável pela função.

Dedicada, Fabi começa os trabalhos às 5h30, no Dia de São Tiago, ponto alto da festa. Enquanto a maioria ainda descansa do Baile de Máscaras, ela inicia a tarefa de vestir os personagens da batalha que vai acontecer mais adiante. Entre eles, o Menino Caldeirinha, São Jorge e São Tiago. Eles precisam estar prontos para o início da missa campal, nas primeiras horas do dia.

Fabi foi escolhida para a função, porque acompanhava a mãe desde pequena, na costura. Ela conta que quando Rosicema perdeu a visão, em 2015, ficou a cargo da filha, costurar as vestimentas. Mesmo assim, a mãe tateava as roupas, para conferir se estava de acordo com o figurino.

“Ela conferia tudo apenas com o tato e dizia o que estava errado. Teve um ano que foi preciso eu refazer a costura da roupa de uma figura, pois, não estava de acordo com a tradição e não seria possível encenar dessa forma”, recorda Fabi.

Esta é a segunda edição que a estilista está à frente da missão. Para o trabalho, ela conta com a ajuda do irmão, Marlon Viana, sempre lembrando os ensinamentos e tradições repassados pela mãe.

“Começou com a vovó Iracema, que ensinou a minha mãe e agora eu herdei essa missão, que é inexplicável. São vários sentimentos, e a vontade de fazer tudo como ela fazia”, afirmou.

A Festa de São Tiago

Tradição trazida da África no século 18, a Festa de São Tiago completa 242 anos em 2019, e acontece de 16 a 28 de julho. É realizada desde o ano de 1777 em Mazagão Velho, no município de Mazagão. Mistura rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto para contar a aparição de Tiago como um soldado anônimo que lutou bravamente ao lado do povo cristão contra os mouros e garantiu sua vitória.

É organizada e realizada pela comunidade local, através da Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), com apoio do Governo do Amapá e prefeitura local. Este ano, o Estado investiu R$ 692.738,40, repassados através de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Mazagão (MazagãoCult)

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá