sábado, 23 de novembro de 2019 - 13:02h - 2689
Comunidades do interior comandam 3ª noite do Encontro dos Tambores 2019
Um total de 13 grupos se apresentou em mais um dia do evento, cuja programação encerra em dezembro.
Por: Gabriel Penha
Foto: Gabriel Penha/Seafro
Comunidades se apresentam na terceira noite do 24º Encontro dos Tambores, em Macapá

Comunidades do interior foram maioria na terceira noite do Encontro dos Tambores 2019, na sexta-feira, 22, no Centro de Cultura Negra, localizado no bairro do Laguinho, em Macapá. Quem abriu as apresentações foi a comunidade Torrão do Matapi, que fica às margens da rodovia BR-156 (Macapá-Laranjal do Jari). Na sequência, subiram no palco os grupos Dica Lemos, Zeca e Bibi Costa (Aebic), Raimundo Ladislau, Quilombo São João do Matapi, Batuque do Ajudante (Mazagão) e Malocão do Pedrão.

A Comunidade de Campina Grande, localizada na BR-156, à altura do Km 35, foi a nona a se apresentar. Os integrantes bradaram os versos de Elson Jacundá que se tornaram um dos principais ladrões de marabaixo do lugar: “Eu não deixo a cultura morrer, eu não deixo a cultura acabar/Eu sou de Campina Grande, no Estado do Amapá”.

Ainda comandaram o ritmo os grupos São Raimundo, Marabaixo São José, Tia Sinhá, fechando com a Irmandade São José. As apresentações seguem neste sábado, 23, com mais oito grupos. O Marabaixo Arthur Sacaca sobe ao palco às 20h e a programação encerra com a Irmandade de são Benedito, a 1 hora da manhã de domingo.

Em sua 24ª edição o Encontro dos Tambores é realizado pela União do Negros do Amapá (UNA), com apoio do Governo do Estado e Prefeitura de Macapá. O evento segue até 6 de dezembro, quando a programação será encerrada com show nacional.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Gabriel Penha/Seafro

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá