terça, 23 de abril de 2019 - 20:57h - 1201
Blocos regionais vão agir unificados na agenda do desenvolvimento
Presidindo o Consórcio dos Estados da Amazônia Legal, governador Waldez Góes é um dos fortes articuladores da integração com as Regiões Nordeste e Centro-Oeste.
Por: Da Redação
Em Brasília, governador Waldez Góes presidiu duas reuniões com representantes dos três blocos regionais

O governador do Amapá, Waldez Góes, presidiu duas importantes reuniões em Brasília, nesta terça-feira, 23, que trataram de pautas para o desenvolvimento regional. Além da reunião extraordinária do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal – do qual é presidente –, Góes liderou um encontro com representantes das regiões Nordeste e Centro-Oeste.

No primeiro encontro, o objetivo foi reunir os governadores que compõem o bloco amazônico para elaborar o planejamento estratégico das ações que serão desempenhadas e a proposta de criação de um Fundo para o Desenvolvimento da Amazônia.

“Existem governos internacionais que possuem interesse em financiar os cuidados ambientais da Amazônia e nos interessa dialogar com eles, como por exemplo a Noruega, a Alemanha, a Holanda. Antes, o governo fazia esse diálogo, os recursos vinham, mas era muito difícil acessá-los por conta de uma burocracia muito grande. Agora, por meio desse instrumento jurídico, queremos nos apresentar para essa comunidade”, explica Góes.

Sobre a agenda do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, citou como definições do encontro o calendário de planejamento estratégico do grupo – que deve ser concluído em até 60 dias; a constituição das Câmaras Técnicas; e o Estatuto do Consórcio, que deve ser aprovado nos próximos dez dias. “Vamos fechar o planejamento nos próximos dias, mas o processo de diálogo já começou com os demais atores, tanto internos no Brasil como externos. Vamos ser o mais dinâmico possível para não nos perdermos com a burocracia”, enfatizou.

O governador amapaense voltou a defender a integração de três importantes blocos regionais: a Amazônia Legal, o Nordeste e o Centro-Oeste, para, juntos, buscarem mecanismos de desenvolvimento. “No dia 8 de maio, teremos uma reunião, quando vamos reunir todas as bancadas dessas regiões, para discutirmos a agenda que nos une e os projetos que estão em tramitação no Congresso Nacional”, explicou.

PEC 51

Pela manhã, o governador Waldez Góes participou do Fórum Nacional dos Governadores. Um dos assuntos debatidos foi a Proposta de Emenda Constitucional que aumenta o Fundo de Participação dos Estados (PEC 51). A proposta, assinada por 48 senadores, é de autoria do senador Lucas Barreto, que participou do evento. Os governadores que participaram do Fórum afirmaram que têm dificuldade para fechar as contas e que os recursos destinados pela nova repartição do FPE seriam bem-vindos. “É uma excelente proposta para os Estado pois é um repasse necessário para vários investimentos”, concluiu Góes.

GALERIA DE FOTOS

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá