segunda, 22 de abril de 2019 - 20:00h - 5310
Pianista autista de 15 anos fará abertura da I Semana Azul TEAcolho do Super Fácil
Evento vai acontecer de 23 a 26 de abril, no Super Fácil da Zona Oeste de Macapá, com uma vasta programação para abordar sobre o autismo.
Por: Denise Muniz
João Pedro descobriu talento na música, tocando piano

Um show de emoção está sendo preparado para a abertura, nesta terça-feira, 23, da I Semana Azul TEAcolho do Super Fácil. No piano, João Pedro, de 15 anos, fará o acompanhamento do Hino Nacional que será cantado pela artista Lígia Mônica. O pianista é autista e, com o seu talento e amor à música, mudou a percepção de toda uma escola, o Walkíria Lima.

A I Semana Azul TEAcolho vai acontecer de 23 a 26 de abril, no Super Fácil da Zona Oeste de Macapá. A abertura será às 10h e dará início a uma semana de brincadeiras e gincanas para crianças e jovens com o Transtorno de Espectro do Autismo (TEA), e bate-papos e momentos de beleza e relaxamento, para as famílias.

João Pedro é uma das atrações do evento. Ele é beneficiário da Carteira de Identificação do Autista, documento emitido pelo Super Fácil da Zona Oeste, que garante direitos e cidadania às pessoas com o transtorno.

O jovem talento é exemplo de superação e garra. Pianista e praticante de jiu-jitsu, ele estuda no 1º ano do ensino médio em uma escola privada de Macapá. “Ele não tem limites, aceita e vence todos os desafios”, elogia a mãe do jovem, Artilamar Quintas.

Ela fala do orgulho que sente pelo filho, e do impacto que teve ao descobrir o diagnóstico de autismo, quando João Pedro tinha pouco mais de 3 anos de idade. “Fiquei uma semana trancada no quarto, chorando. Depois, arregaçamos as mangas e buscamos o que deveria ser feito”, lembra a mãe, contando que, à época, incentivou, junto com o marido, os profissionais locais a buscarem mais conhecimento sobre a síndrome, então, pouco conhecida no Amapá. “Hoje, vemos o mundo totalmente diferente, pelos olhos do João”, diz.

Artilamar conta que enfrentou barreiras quando tentou matricular o filho no ensino infantil, mas que também encontrou apoio e a parceria de professores e diretores da escola. “Lembro quando a diretora da escola onde o meu filho estuda até hoje falou para mim que nós caminharíamos e aprenderíamos juntos”, recordou.

Na escola de música Walkíria Lima, onde João Pedro estuda piano, professores, alunos e todo o corpo técnico adaptaram-se ao jovem talento. “A escola mudou por ele, não foi só inclusão, foi acolhimento”, falou Artilamar.

“Parece que eles estão vindo para nos acordar, é uma realidade mundial”, classifica o pai, Marcus Quintas.

A I Semana Azul TEAcolho vai contar com a participação de mães de autistas, que vão falar sobre os desafios, a descoberta do diagnóstico e a importância da independência de pessoas com autismo. Em outro momento, serão apresentados pequenos vídeos mostrando o cotidiano dessas famílias, além da inauguração de uma galeria de fotos retratando seu dia a dia.

No decorrer da semana, crianças e jovens autistas serão inseridos em brincadeiras, gincanas, leituras e dança, enquanto seus familiares serão cuidados com momentos de beleza, lazer, relaxamento e conversas sobre o tema.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá