quinta, 21 de novembro de 2019 - 16:44h - 1472
Aula prática de investigação da Polícia Civil resulta em apreensão de drogas
Foi preso um casal que supostamente faz parte de uma organização criminosa; eles estavam com meio quilo de maconha e mais de 80 porções de crack.
Por: Jorge Abreu
Foto: Polícia Civil/Divulgação
Prisão em flagrante e apreensão de drogas foram vivenciadas por alunos da Aifa

Mais de 70 alunos da Academia Integrada de Formação e Aperfeiçoamento (Aifa) vivenciaram, na prática, o que vão exercer, futuramente, nas profissões de delegados, escrivães e agentes da Polícia Civil.

Uma atividade da disciplina de “investigação de tráfico de drogas” resultou na apreensão de meio quilo de maconha do tipo “skunk” e 86 porções de crack, além da prisão em flagrante de um casal que estava com a posse das substâncias.

De acordo com o trabalho investigativo, o homem, 22 anos, e a mulher, 25 anos, fazem parte de uma organização criminosa. A prisão ocorreu na quarta-feira, 20, em uma residência no bairro Santa Rita, na zona sul de Macapá. 

O titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), Sidney Leite, que também é professor na Aifa, falou que o resultado da atividade tem um papel fundamental na formação dos futuros agentes, delegados e escrivães.

O delegado destaca que os alunos não correram riscos durante o processo de investigação porque foram acompanhados, e, só se aproximaram da residência do casal, após a prisão.

“Os agentes aprenderam sobre voz de prisão e investigação e os delegados e escrivães fizeram o procedimento de lavrar e flagrancial, completando, assim, o ciclo de trabalho da Polícia Civil”, explicou Sidney Leite.

A agente de polícia civil Nashya Ribeiro, 32 anos, é aluna na Aifa desde outubro. Esta foi a primeira vez que ela teve a experiência prática de carreira. Para a aluna, colaborar com uma investigação real foi importante para a formação que tanto sonha.

“A experiência foi muito interessante, porque nós pudemos ver, na prática, como é o trabalho do agente de polícia e da investigação. Já tínhamos visto na teoria de outras disciplinas relacionadas ao assunto, mas, vivenciar isso é vislumbrante”, disse.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Polícia Civil

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá