quarta, 22 de julho de 2020 - 12:09h - 993
Sarampo: campanha de vacinação para jovens e adultos é prorrogada até 31 de agosto
No Amapá, até o momento, somente 10,77% do público-alvo foi imunizado. Meta é vacinar 95% das pessoas entre 20 e 49 anos que não receberam a segunda dose da vacina.
Por: Nelson Gama
Foto: Nathan Zahlouth
SVS alerta que o sarampo é uma doença de alta transmissibilidade e pode levar a morte.

A Campanha de vacinação contra o sarampo, que acontece desde fevereiro, foi prorrogada pelo Ministério da Saúde até 31 de agosto. No Amapá, a meta é vacinar 95% do público-alvo formado por jovens e adultos com idade entre 20 e 49 anos e que ainda não tomaram a segunda dose da vacina. 

A Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) é responsável por distribuir as vacinas nos municípios e monitorar a campanha. Segundo o órgão estadual, até o momento apenas 10,77% do público-alvo no estado recebeu a imunização, que acontece em unidades básicas de saúde que não são exclusivas para atender casos de covid-19.

A coordenadora de Imunobiológicos da SVS, Andréa Marvão, fala sobre a importância da população se imunizar contra o sarampo - somente no primeiro semestre de 2020, foram registrados 21 casos da doença no Estado. 

"É de extrema importância que a população seja imunizada contra o sarampo, pois essa doença tem alta transmissibilidade e pode levar a morte. Por isso é primordial que se tenha altas coberturas vacinais. O imunológico está disponível em todas as salas de vacinas do Estado", disse Andréa.

A vacina é a melhor forma de prevenção contra a doença. Ela faz parte do calendário de imunização e deve ser aplicada em crianças de seis meses a cinco anos de idade em duas doses. Para pessoas que tem entre 40 e 59 anos, uma dose apenas basta.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá