segunda, 19 de novembro de 2018 - 11:17h - 769
Seafro divulga programação da Semana da Consciência Negra
De 20 a 24 de novembro, haverá diversas atrações afro culturais em diferentes instituições públicas; abertura oficial será com o XXIII Encontro dos Tambores.
Por: Gabriel Dias
Foto: André Rodrigues/Secom
Programação visa valorizar todos os segmentos de origem afro do Amapá

Para celebrar o Dia Nacional e Estadual da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, o Governo do Estado do Amapá realizará uma programação repleta de atrações afro culturais. Para isso, a Secretaria Extraordinária de Políticas para os Afrodescendentes (Seafro) firmou parceria com os movimentos e as comunidades negras do Amapá. Haverá, também, uma programação de cinco dias no Museu Sacaca, organizada pela coordenação do museu (clique aqui para saber mais).

Além de preservar as tradições culturais de origem afro, a programação vai fortalecer o debate sobre a temática, com palestras, seminários, rodas de marabaixo e shows. As ações acontecem entre 20 e 24 de novembro.

O titular da Seafro, Aluísio de Carvalho, destaca que a intenção do estado é valorizar todos os segmentos, dando oportunidade para que mais grupos participem. “Toda a programação foi montada junto com os movimentos e comunidades negras, valorizando os eventos que acontecem nesse período”, frisou.

A abertura oficial será no dia 20 de novembro com o XXIII Encontro dos Tambores, realizado pela União dos Negros do Amapá (UNA), localizado no bairro Laguinho, em Macapá, com homenagens à cultura e à história da população afrodescendente do Amapá, estado que possui 258 comunidades quilombolas.

O Encontro dos Tambores começa, às 19h, com a celebração da Missa dos Quilombos, que terá a participação de diversos grupos de dança de matriz africana que fazem parte das comunidades quilombolas do estado.

Seminário

No dia 23 de novembro, a Seafro realizará, na Universidade do Estado do Amapá (Ueap), o seminário “Resistir e Superar: A Arte do Empoderamento do Povo Negro”. O encontro se inicia às 8h e visa discutir o atual cenário político, social e cultural para as comunidades negras de todo o estado.

Caminhada Zumbi de Palmares

Uma das novidades, deste ano, é a alteração na data da Caminhada Zumbi dos Palmares. Tradicionalmente realizada no dia 20 de novembro, este ano deverá acontecer no dia 24, a partir das 16h, com concentração na praça Barão do Rio Branco, no centro de Macapá. O tema deste ano é “Resistir é a arte mais profunda do meu povo!”.

Programação

20/11 (terça-feira)

18h - Escola Municipal Tio Chico do Curralinho

19h - Celebração da Missa dos Quilombos com o Padre Aldenor Santos

20h30 - Grupo de Dança Afro – Zimba

Grupo de Dança Afro – Baraká

Banda Afro – Brasil (Banda Base)

21h – Batuque Filhos do Curiau e Associação Folclórica e Quilombola São Pedro dos Bois

21h30 - Raízes do Marabaixo Infantil e Grupo Raízes do Marabaixo

22h - Associação Cultural São Sebastião e Grupo Folclórico Do Ajudante

22h30 - Grupo de Foliões de São Benedito Mazagão e Grupo de Marabaixo São Sebastião do Igarapé do Lago

23h - Grupo de Marabaixo São João do Matapí e Grupo de Marabaixo São José do Matapí

23h30 - Grupo Afro Cultural Marabatuque e Grupo de Marabaixo da Gungá

00h - Tambou Kréyol de Kaiena

21/11 (quarta-feira)

19h - Movimento da Capoeira

20h - Movimento Hip-hop

21h - Concurso a Mais Bela Negra e o Mais Belo Negro

22/11 (quinta-feira)

19h - Religiosidade de Matriz Africana

23/11 (sexta-feira)

08h às 13h - Roda de Conversa “Resistir e Superar: A Arte do Empoderamento Do Povo Negro”

20h - Grupo Folclórico de Marabaixo Dica Lemos e Grupo de Jovens Estrela do Marabaixo Renascer

20h30 - Grupo Folclórico Herdeiros do Marabaixo da Campina Grande e Grupo de Marabaixo Manoel Felipe

21h - Grupo de Marabaixo da Comunidade Quilombola do Ambé e Grupo Folclórico São José do Mata Fome

21h30 - Grupo de Dança Cultural Berço do Marabaixo e Azebic

22h - Marabaixo do Pavão e Marabaixo São José

22h30 - Grupo Folclórico Tia Joaquina e Grupo Irmandade São Benedito do Mazagão Novo

23h - Movimento Reggae

24/11 (sábado)

16h às 19h – Caminhada Zumbi de Palmares

20h - Grupo Folião da Nossa Senhora da Piedade do Carvão e Associação Cultural São Tomé

20h30 - Associação Cultural Raízes da Favela- Dica Congó e União dos Devotos de Nossa Senhora da Conceição

21h - União Folclórica São Sebastião da Ilha Redonda e União Folclórica de Campina Grande

21h30 - Grupo Folclórico de Marabaixo Tia Sinhá e Associação Cultural Torrão do Matapi

22h - Marabaixo Dança do Amapá e Movimento de Jovens Afrodescendentes do Amapá

22h30 - Associação Folclórica Santo Antônio e São Benedito do Coração e Batuque Malocão do Pedrão

23h - Marabaixo do Maruanum e Grupo de MarabaixoTradicional São João do Maruanum II

00h - Banda Negro de Nós

Oficinas – de 20 a 24 de Novembro

Grupo de Dança Cultural Herdeiros da Tradição

Marabaixo Filhos de São Tomé-Alto Pirativa

Batuque Raízes do Bolão

Associação Folclórica de Marabaixo Irmandade de São José

Grupo de Marabaixo Santo Antônio do Matapi

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá