quinta, 19 de setembro de 2019 - 17:44h - 735
Mais de 30 policiais participam de curso nas áreas administrativa e jurídica
Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais é destinado a oficiais militares da Polícia Militar que almejam chegar à patente de major.
Por: Weverton Façanha
Foto: Divulgação/EAP
Aulas acontecem na EAP e são ministradas por oficiais militares e professores mestres

A Escola de Administração Pública do Amapá (EAP) e a Polícia Militar do Estado do Amapá (PM/AP) iniciaram nesta semana mais uma edição do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO), destinado a oficiais militares que almejam chegar à patente de major.

Participam 34 policiais, que, durante dois meses, terão 17 disciplinas e mais atividades complementares em 470 horas/aulas, com testes teóricos e práticos nas áreas administrativas e jurídicas, envolvendo questões militares. As aulas acontecem na EAP e são ministradas por oficiais militares e professores mestres das mais diversas áreas.

De acordo com o comandante-geral da PM, coronel Paulo Matias, a qualificação visa o melhor desses oficiais no atendimento à instituição e à população.

“Isso faz parte do nosso planejamento em sempre melhorar as nossas políticas públicas, e, aqui, estamos oportunizando a nossos oficiais um melhor aparelhamento para atuação profissional”, destacou.

O curso é resultado de um trabalho integrado entre a EAP e a Polícia Militar, que assinaram um Termo de Cooperação Técnica, para a realização da capacitação. O diretor-presidente da EAP, Jorielson Nascimento, mostrou-se satisfeito com a parceria.

“Nosso trabalho é visando garantir uma melhor qualificação aos servidores públicos, e, isso, estamos fazendo, e vamos fazer muito mais, não somente com a PM, mas, estaremos buscando capacitações em todas as áreas da gestão pública”, antecipou.

A aula inaugural foi ministrada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), desembargador João Lages, que palestrou sobre o tema “Audiências de custódia”. Além do magistrado, estiveram presentes na abertura do curso o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM/AP), coronel Wagner Coelho; o diretor de ensino da PM, coronel Ludfrankson Brasil; e o deputado estadual Max da AABB.

Este é o segundo curso em 2019 voltado para oficiais militares, realizado entre as instituições. O primeiro foi o Curso Superior de Polícia (CSP), que contou com a participação de 29 agentes da área de segurança pública, e que ainda incluiu uma viagem de intercâmbio para a Guiana Francesa.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá