segunda, 19 de agosto de 2019 - 16:49h - 2738
Aplicativo permite a pais e estudantes acesso a notas e frequência escolar
Ferramenta foi lançada pelo governo, nesta segunda-feira, com o objetivo de criar mais um canal de comunicação com o estudante e a família.
Por: Minália Trugillo
Foto: Erich Macias / Seed
Lançamento aconteceu no Centro de Educação Profissional Walkíria Lima

A partir de agora, pais e estudantes da rede pública estadual do Amapá podem acessar notas, frequências e visitar plataformas de recursos digitais, através do smartphone.

Os recursos estão reunidos no aplicativo SigEduc Estudante/Familiar, apresentado para cerca de 200 estudantes, na manhã desta segunda-feira, 19, no Centro de Educação Profissional Walkíria Lima.

Desenvolvido pelo Núcleo de Tecnologia (NTE) da Secretaria de Estado da Educação (Seed) e Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap), o aplicativo é gratuito e está disponível para Android, na Play Store.

A proposta do aplicativo é criar mais um canal de comunicação com o estudante e a família, deixando-os informados sobre o desempenho do aluno na sala de aula.

Para acessar o aplicativo, o estudante deve se cadastrar no portal www.sigeduc.ap.gov.br. O login de usuário e senha criado no cadastro pode ser usado, tanto no portal, como no aplicativo.

Serviços como Minha Turma, Minhas Frequências, Meu Boletim, Portal da Educação, Escola Digital e Plataforma Mec Red podem ser acessados na barra de menu do aplicativo.

Em “Minhas Frequências”, por exemplo, o estudante pode acompanhar a frequência por disciplina. No calendário, escolhendo o mês, o estudante tem os dias frequentados destacados pela cor verde ou faltas na cor vermelha. Em caso de interrupções das aulas, será destacado esse dia na cor azul.

Para a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, esta inovação permite que os professores e alunos da rede estadual tenham acesso ao SigEduc, através de vários canais: pela interface web, utilizando um navegador e pelo navegador do seu smartphone ou tablete.

“Essa tecnologia só era presente em escolas particulares. Hoje, os nossos estudantes e seus familiares também podem contar com esse serviço. Trabalhamos para que a escola pública do Amapá seja inovadora e interligada nas novas tecnologias”, falou a secretária.

Reginey Mendonça, do 3º ano da Escola Estadual Professor Gabriel de Almeida Café, tem o aplicativo no celular. Ela acredita que a ferramenta vai facilitar a vida dos estudantes. “Com o aplicativo, teremos um feedback com mais facilidade e rapidez sobre notas e nossa vida escolar”.   

SigEduc Professor

Também já está disponível a versão do SigEduc Mobile Professor para smartphone android. O aplicativo pode ser acessado pelos smartphones dos professores da rede estadual.  O SigEduc Mobile Professor permite a gestão do diário de classe (notas, conteúdo e frequência) diretamente do aparelho celular, e funcionando off-line. Ou seja, sem necessitar de uma conexão com a internet. Quando o aparelho detecta a conexão com a internet, ele envia os dados para os servidores do SigEduc, que preenchem o diário de classe do professor de forma automatizada.

 O que é o SigEduc

O Sistema Integrado de Gestão da Educação (SigEduc) é um portal de acesso público e uma ferramenta de comunicação entre a rede de ensino estadual (Seed) e a sociedade.

O objetivo do sistema é gerenciar informações e procedimentos entre as escolas e a Seed, como Gestão Curricular, Diário de Classe Eletrônico, Central de Matrícula, Gestão dos Estudantes, Transporte Escolar, Alimentação Escolar e Ouvidoria da Educação.

O SigEduc representa uma oportunidade de sistematizar processos e fluxos na administração de uma escola, em sintonia com sua mantenedora (Seed), comunidade estudantil e pais, ajudando o governo a tomar decisões de forma mais pontual de melhorias, baseado em dados em tempo real.

Atualmente,106 mil estudantes, cerca de 90% de toda a rede do Estado, segundo o último Censo Escolar, já estão inseridos no sistema.

A Coordenadoria de Educação Básica e Profissional (Cebep), em parceria com o NTE, realizaram nos meses de junho e julho, atendimentos e capacitações para gestores e secretários escolares, com o objetivo de orientá-los na inserção dos dados. A meta é que, até setembro, 100% da rede esteja integrada no SigEduc.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Erich Macias

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá