terça, 19 de janeiro de 2021 - 20:13h - 175187
‘Uma grande alegria’, diz primeira profissional da saúde vacinada contra covid-19 em Santana
Governador Waldez fez abertura da campanha de vacinação em Macapá e Santana, nesta terça-feira, 19. Estado solicitou 360 mil novas doses ao Instituto Butantan.
Por: Anne Santos
Foto: Márcio Pinheiro
A primeira vacinada foi a técnica em enfermagem Elza Gonçalves, de 57 anos, que atua na linha de frente de combate à covid-19.

Amapá inicia Campanha Estadual de Vacinação Contra Covid-19 e governador Waldez Góes fez a abertura da imunização na capital e em Santana, na tarde desta terça-feira, 19. A meta é distribuir 31 mil doses da vacina para os 16 municípios até quarta-feira, 20.

Nesta primeira etapa, serão 7.500 pessoas imunizadas da área da saúde que atuam na linha de frente contra a covid-19 e pessoas a partir de 60 anos institucionalizadas, conforme o Plano Estadual de Vacinação, que segue a ordem dos grupos prioritários.

O chefe do Executivo reforçou que a chegada da vacina não deve implicar em um relaxamento por parte da população e que o Estado está preparado para adquirir novas doses.

“Nem a vacina, nem ampliação da rede de saúde devem significar relaxamento. Estamos cumprido rigorosamente todo o planejamento organizado pelo estado para que os municípios recebam as doses que já chegaram ao Amapá. Além dessas, também temos oficializado um pedido para adquirir, com recursos do Estado, 360 mil novas doses, assim que o Butantan puder fornecer”, explicou Góes.

A vacina utilizada é a Coronavac, que teve o uso emergencial aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. Para Macapá, foram destinadas 4.695 doses do imunizante. A primeira pessoa vacinada foi a enfermeira Maria José dos Santos, de 58 anos.

 “Essas pessoa estão na linha de frente do enfretamento, com isso estamos dando o pontapé inicial na campanha. É um dia especial, que entra para a história”, disse Antônio Furlan, prefeito da capital.

Em Santana, 875 pessoas serão vacinadas inicialmente, a primeira foi a técnica em enfermagem Elza Gonçalves, de 57 anos, que atua na linha de frente de combate à covid-19. A trabalhadora se emocionou no momento do ato e lembrou os dias de enfretamento.

“É uma grande alegria, não só pra mim, mas para toda a população. Foram 10 meses muito angustiantes, morando em um quarto para evitar contato família, sem visitar a minha mãe que tem 96 anos, e agora chegou a vacina. Em breve vou continuar trabalhando, mas agora sem o peso de levar essa doença para outras pessoas”, disse a técnica em enfermagem.

Na ocasião, o prefeito do município, Sebastião Bala Rocha, destacou o apoio que o Governo do Estado está dando para garantir a vacinação nos municípios.

“Precisamos desse apoio do governo, dessa estrutura para dar suporte aos municípios e garantir a vacinação da população”, afirmou Rocha.

Góes destacou ainda que todo o suporte será dado aos municípios, desde a distribuição das vacinas até fornecimento de insumos.

“Temos organizado o Sistema de Vacinação. Os municípios terão apoio do Governo do Estado, precisamos dessa união, pois o compromisso da gente é pela vida”, afirmou o governador.

A distribuição nos demais municípios ficou da seguinte forma:

  • Laranjal do Jari: 352
  • Oiapoque: 142
  • Mazagão: 134
  • Porto Grande: 355
  • Tartarugalzinho: 75
  • Pedra Branca do Amapari: 82
  • Vitória do Jari: 44
  • Calçoene: 115
  • Amapá: 90
  • Ferreira Gomes: 92
  • Cutias: 67
  • Itaubal: 40
  • Serra do Navio: 89
  • Pracuuba: 45
  • Reserva técnica: 208 doses.

Plano de vacinação

O Governo do Amapá elaborou e apresentou o Plano Estadual de Vacinação Contra Covid-19 em dezembro. A proposta é realizar a imunização em quatro etapas, conforme a disponibilização de doses para o Estado.

  • 1ª etapa – grupo prioritário: profissionais da saúde
  • 2ª etapa – grupo prioritário: pessoas a partir de 60 anos e pessoas institucionalizadas.
  • 3ª etapa – Grupo prioritário: pessoas com comorbidades
  • 4ª etapa – Grupo prioritário: trabalhadores da educação; trabalhadores das forças de segurança e salvamento; funcionários do sistema prisional e povos indígenas
  • Trabalhadores dos transportes coletivo (rodoviário, metroferroviário, aéreo e portuários); povos e comunidades tradicionais ribeirinha; população privada de liberdade e pessoas com deficiências permanente severa

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá