terça, 18 de dezembro de 2018 - 15:21h - 5409
Amapá ultrapassa meta e vacina 95% do rebanho contra febre aftosa
Mesmo com meta atingida, técnicos da Agência de Inspeção e Defesa Agropecuária devem ir até Oiapoque para finalizar os dados da campanha.
Por: Ailton Leite
Foto: José Baia/Secom
Os municípios de Ferreira Gomes, Cutias e Itaubal do Piririm que, juntos, concentram a maior parte do rebanho amapaense atingiram aproximadamente 99% do gado vacinado

A Agência de Inspeção e Defesa Agropecuária do Amapá (Diagro) ultrapassou a meta de vacinar 90% do rebanho contra a febre aftosa e alcançou 95% dos animais com a campanha de imunização. O balanço é parcial, pois faltam os dados do município de Oiapoque, no extremo norte do Estado. Mesmo com a meta alcançada, técnicos do órgão irão até a cidade, na semana que vem, contabilizar o rebanho imunizado.

O diretor-presidente da Diagro, José Renato Ribeiro, disse que a ida dos técnicos a Oiapoque é por causa do cruzamento de informações que precisam ser atualizadas no sistema do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa).

“Oiapoque tem algumas particularidades que precisam ser observadas. Por exemplo, há produtores que não possuem mais rebanho, mas ainda constam no sistema e precisam ser retirados. A mesma situação ocorre com alguns indígenas que criavam animais e não os possuem mais. Essas informações só podem ser atualizadas no local”, frisou Ribeiro.

Os municípios de Ferreira Gomes, Cutias do Araguari e Itaubal do Piririm que, juntos, concentram a maior parte do rebanho amapaense atingiram aproximadamente 99% do gado vacinado. Outros municípios também conseguiram atingir a meta estabelecida pela Diagro.

“Nossa meta era atingir o mínimo de 90% do gado de cada município com a vacinação. A meta geral do Estado era de 95%. Graças ao empenho dos produtores, conseguimos atingir esse percentual que deixa o Amapá numa posição boa em relação ao combate a essa doença”, destacou Ribeiro que acrescentou que não houve a necessidade de autuar algum produtor por deixar de vacinar seu rebanho.

O Estado possui aproximadamente 400 mil animais, a maioria de bubalinos. A campanha se encerrou no dia 15 de novembro, mas os produtores tiveram até o dia 30 de novembro para declarar a vacinação na Diagro. O Amapá tem até o dia 11 de janeiro para informar os dados da campanha para o Mapa.

O diretor ressaltou que essa pode ter sido a última campanha de vacinação contra a febre aftosa no Amapá. “Nós temos uma meta estipulada pelo Ministério [da Agricultura] para que, a partir de 2020, não se realize mais a campanha de vacinação. Mas, iremos pleitear que possamos entrar já a partir do ano que vem”, adiantou o diretor-presidente da Diagro.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá