sábado, 19 de setembro de 2020 - 07:00h - 1127
Hemoap realiza campanha para cadastro de doadores de medula óssea
Amapá tem o 4º maior banco de doadores da região Norte, com mais de 30.500 mil voluntários.
Por: Claudia Cavalcanti .Colaboradores: Janine Cruz
Foto: Maksuel Martins/Secom
O cadastro é feito apenas uma vez e fica ativo até que paciente complete 60 anos, idade máxima para que ele seja um doador de medula óssea.

Com a campanha “Primeiro você doa esperança e depois você doa vida”, o Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) está buscando doadores voluntários que queiram se cadastrar no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome).

Amapá tem o 4º maior banco de doadores da região Norte, com mais de 30.500 mil voluntários. Quase 100 amapaenses já foram convocados para a 1ª fase de análise de compatibilidade com pacientes de outros estados e até mesmo de outros países, já que o Redome faz parte do banco mundial de doadores de medula.

Para fazer o cadastro é simples, basta que o voluntário vá até o Hemoap, localizado na Av. Raimundo Álvares da Costa, 1093 - Central, em Macapá entre as 7h30 e 11h30 com um documento de identificação e será retirada uma pequena quantidade de sangue para que ele seja inserido no Redome.

O cadastro é feito apenas uma vez e fica ativo até que paciente complete 60 anos, idade máxima para que ele seja um doador de medula óssea.

A cozinheira Maria Alice Bendelack, de 39 anos, foi até o Hemoap após ouvir em um programa de rádio sobre a campanha e resolveu fazer também a doação de sangue.

“Só o fato de nesse mundo todo alguém precisar de você é muito bom. Estou no Amapá e poder ajudar alguém em qualquer outro estado é uma coisa muito boa, e é tudo muito rápido e tranquilo, não dói nada”, garantiu ela.

O responsável pelo Redome no Amapá, o enfermeiro Fabiano Fonseca, explicou que durante o cadastro, o voluntário é incentivado também a se tornar doador de sangue.

“A vantagem dessa parceria é que você pode fazer o cadastro no Redome e a doação de sangue ao mesmo tempo. O cadastro você faz uma única vez na vida, e a doação de sangue você pode fazer até 4 vezes por ano. Cada vez que você doa sangue ajuda a salvar 4 vidas”, ressalta Fabiano.

Desde o lançamento das ações de prevenção e enfrentamento ao coronavírus pelo Governo do Estado, o Hemoap adotou algumas medidas para garantir a segurança dos doadores como a distribuição de álcool em gel, verificação de temperatura corporal e distanciamento entre os voluntários.

O doador pode ir diretamente ao Hemoap ou agendar a doação através do site https://hemoap2.reservio.com/.

O contrário aconteceu com a técnica em radiologia Joicymara Santos de Carvalho, de 31 anos, ela foi até o Hemoap realizar uma doação direcionada e foi informada sobre o cadastro no Redome.

“Eu tinha vontade de voltar a doar sangue e vi que estavam fazendo cadastros para o Redome, achei muito interessante porque ajuda a salvar vidas, muitas pessoas precisam e nos dá um sentimento de dever cumprido e de satisfação em poder ajudar”, finaliza.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá