sexta, 18 de janeiro de 2019 - 17:28h - 6409
Universidade Aberta do Brasil oferta 560 vagas em cursos de especialização no Amapá
Inscrições iniciam dia 24 de janeiro. Os cursos são na modalidade de ensino à distância, com oferta para os polos de Macapá, Santana e Vitória do Jari.
Por: Wellington Costa
Foto: Divulgação/UAB

O Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB) no Amapá lançou nesta sexta-feira, 18, três editais de processos seletivos ofertando 560 vagas para cursos de especialização nas áreas de Educação e Saúde. As vagas são para modalidade de ensino à distância (EAD). Os cursos são ofertados em parceria com a Universidade Federal do Amapá (Unifap) e governo do Estado, através da Coordenadoria de Recursos Humanos da Secretaria de Estado da Educação (Seed).

As vagas são para os polos da UAB de Macapá, Santana e Vitória do Jari. Para o curso de especialização em Mídias na Educação são ofertadas 280 vagas, para o curso de Políticas de Promoção da Igualdade Racial na Escola (Uniafro) a oferta é de 150 vagas, já para o curso de Gestão em Saúde, 130 vagas são anunciadas. As inscrições iniciam dia 24 e encerram em 31 de janeiro e devem ser feitas pelo site http://www2.unifap.br/ead/processo-seletivo/, onde também estão disponíveis os editais.

O candidato poderá fazer inscrição para apenas um polo, havendo duplicidade de inscrição, o mesmo será eliminado. Além das aulas on-line, o candidato deverá participar dos encontros presenciais obrigatórios no polo, não sendo admitidas transferências de polo. Os cursos terão duração total de 18 meses.

A seleção será feita em duas fases: prova de títulos e carta de motivação, ambas eliminatórias. O resultado final com a lista dos aprovados está previsto para ser divulgado no dia 28 de fevereiro.

Requisitos básicos

Especialização em Mídias na Educação: ser professor ou técnico de escola pública ou privada; possuir graduação em qualquer área do conhecimento; ter disponibilidade de horário para realizar os estudos durante 10 horas por semana.

Especialização em Políticas de Promoção da Igualdade Racial na Escola (UNIAFRO): ser professor da rede ensino público graduado em qualquer licenciatura; demanda social compreende-se os/as candidatos/as que desenvolvam atividades em organizações não-governamentais (ONG’s), organizações da sociedade civil de interesse público, fundações, igrejas, conselhos, comitês, fóruns, núcleos e/ou movimentos sociais, com comprovada atuação; graduados em qualquer curso superior.

Especialização de Gestão em Saúde: Profissionais de saúde portadores de diploma de nível superior que atuem como gestores ou técnicos nas três esferas de gestão do SUS e que não possuem curso de pós-graduação na área de saúde coletiva ou áreas afins; profissionais recém-egressos dos cursos de graduação da área da saúde ou áreas afins, com interesse específico no campo da saúde coletiva; profissionais vinculados a instituições de Ensino Superior que desempenhem atividades docentes ou de pesquisa sobre Sistema Único de Saúde e que não possuem curso de pós-graduação na área de saúde coletiva ou áreas afins.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá