quinta, 17 de dezembro de 2020 - 18:45h - 3223
Governo lança editais do programa Minha Primeira Empresa
Os editais fazem parte do programa de investimento econômico Amapá Mais Forte. O programa foi criado por meio de lei atendendo ao requerimento da deputada estadual Marilia Góes.
Por: Anne Santos
Foto: Maksuel Martins

Incentivar a criação e formalização de novas empresas é o foco do programa Minha Primeira Empresa. O programa atenderá inicialmente 60 empreendedores com orientações, cursos e financiamento. Nesta quinta-feira, 17, o governador Waldez Góes lançou os editais, que estarão disponíveis a partir do dia 23 de dezembro.  

Os editais fazem parte do programa de investimento econômico Amapá Mais Forte, que busca fortalecer a economia amapaense e oportunizar jovens e beneficiários de programas sociais para que tenham autonomia financeira. 

O programa foi criado por meio da Lei 2447 de 2019, atendendo ao requerimento 4076 também de 2020 de autoria da deputada estadual Marilia Góes. 

“Para que novos negócios possam surgir, é preciso capacitar, organizar o projeto e financiar, e tudo isso estamos garantindo com esse programa de iniciativa da deputada Marilia. Com novas empresas, além de gerar renda para o empreendedor, também é possível gerar novos empregos”, explicou Góes.

A deputada estadual Marilia Góes explica que o programa surgiu a partir de uma pesquisa realizada pelo mandato, onde identificaram que 84% das pessoas entrevistadas não empreendiam por falta de financiamento.

“Requeremos o Minha Primeira Empresa, um programa que oferta capacitação, consultoria e financiamento para oportunizar mais pessoas, principalmente os nossos jovens, pois a pesquisa mostrou que muitos estavam ociosos e sem perspectiva. Esse programa além da autonomia financeira, traz dignidade e por meio do empreendedorismo mudamos a vida das pessoas e do nosso estado”, disse a deputada.

Para o jovem Taylor Willian, de 20 anos, que já empreende informalmente, esta é uma oportunidade para formalizar o negócio.

“Participei do Jovem Descolado e lá percebi que um jovem negro, pobre, pode se tornar um empreendedor. Então comecei a trabalhar junto com minha mãe fazendo canecas sublimadas. Vejo no Minha Primeira Empresa a oportunidade para formalizar e alavancar o meu negócio”, afirmou o jovem empreendedor.

As inscrições para concorrer as vagas disponíveis nos editais poderão ser realizadas de 4 a 31 de janeiro.

O programa foi dividido em três editais:

  • Edital para selecionar 20 planos de negócios de Jovens Empreendedores no valor de até R$ 10 mil;
  • Edital para selecionar 20 planos de negócios de potenciais empreendedores cadastrados em programas sociais;
  • Edital para selecionar 20 planos de negócios multissetoriais de empreendedores dos segmentos do comércio, indústria e serviços;

O programa será desenvolvido em parceria com Sebrae, Agência Amapá e Agência de Fomento do Amapá. 

“Temos a necessidade de fortalecer o estado economicamente e o empreendedorismo é um caminho. Esse programa com foco em novos públicos, como os jovens e beneficiários de programas sociais, com todos esses parceiros, é uma ferramenta para o desenvolvimento econômico”, afirmou a diretora-presidente da Agência de Fomento do Amapá, Tânia Miranda.

Os selecionados terão acesso a capacitação empresarial, microcrédito produtivo e orientado e acompanhamento técnico do desenvolvimento do negócio, para que além de abrir a empesa, consigam manter o empreendimento funcionando.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá