terça, 17 de setembro de 2019 - 23:14h - 9449
Empresa vai gerar 300 novos empregos no Amapá
Vice-governador visita as instalações e destaca a melhora no desenvolvimento social e econômico do estado.
Por: Fabiola Gomes
Foto: Fabíola Gomes
Vice-governador, Jaime Nunes, visitou instalações da empresa

O Governo do Amapá segue promovendo a interlocução com o setor privado, suprimindo burocracias e garantindo segurança jurídica às empresas que entram no Estado.

Exemplo disso é o assessoramento técnico prestado pelos servidores da Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá, à empresa Transwood, que atua em logística e transporte, e, agora, estende suas atividades para o mercado de manejo florestal.

Em fase final na conclusão das obras, a empresa possui um galpão coberto com 11 mil metros, e anunciou a geração de 300 empregos diretos, com a contratação de mão de obra local. O investimento está na ordem R$ 30 milhões, e a previsão de inauguração das atividades é para o final deste ano.

O vice-governador do Amapá, Jaime Nunes, esteve nesta terça-feira, 17, fazendo uma visita técnica às novas instalações da empresa, localizada no município de Mazagão. Ele foi recebido pela diretoria e funcionários que fizeram uma apresentação das áreas compostas por galpões, setor administrativo, alojamento, maquinário, entre outras.

Para Nunes, o governo vem cumprindo com o seu papel de contribuir para a criação do ambiente favorável à implantação e expansão de negócios no estado. Ele destacou que uma equipe de técnicos vem dando todo o suporte aos empresários e investidores, a fim de dar celeridade aos trâmites necessários para a inauguração do empreendimento.

“São investimentos como este que o Amapá está precisando. É uma empresa moderna, que respeita os conceitos ambientais, oportunizando que as riquezas do nosso estado sejam manejadas de forma consciente, e transformadas em benefícios para a população, melhorando, assim, o desenvolvimento social e econômico”, destacou o vice-governador.

Durante a visita, o diretor da Transwood, Denis Carmanhani, lembrou que a empresa está no Amapá desde 2003, e, que, em 2016, ganhou uma concessão florestal. “Estamos trabalhando no plano de manejo sustentável e na construção do empreendimento que envolve extração de madeira, a parte de serralharia e beneficiamento e exportação do produto”, disse.  

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá