quarta, 17 de julho de 2019 - 16:00h - 1099
Promessa feita há 20 anos definiu a figura principal da Festa de São Tiago 2019
Professora pediu pela recuperação do filho, que estava com malária e era alérgico aos medicamentos contra a doença.
Por: Gabriel Penha
Foto: Gabriel Penha/Secom
Professora Raimunda Pimentel ao lado do filho Paulo Neto, figura de São Tiago 2019

Uma promessa feita em 1999 definiu o figurante da Festa de São Tiago de 2019. Na época, a professora Maria Raimunda Gonçalves Pimentel, hoje com 50 anos, se viu em uma situação difícil com o filho Paulo Serra Pimentel Neto, então com dez anos de idade, acometido de malária. Não bastasse a gravidade da doença em si, o garoto ainda apresentou quadro de alergia aos medicamentos que são usados no tratamento.

“O Neto tinha alergia às pílulas, mas não sabíamos. Em consequência disso, passou muito mal, com vômito, diarreia e uma desidratação crônica. A médica que o atendeu em Mazagão, a doutora [Maria de] Jesus [hoje aposentada] o encaminhou para o hospital de Santana. Foi feito o contato com Santana, onde tinha o medicamento injetável, ao qual o meu filho não teria alergia”, relembra.

No caminho para o município vizinho, Raimunda recorda que viveu momentos de agonia. Entretanto, faz questão de relembrar que não deixou desvanecer a fé em Deus, com a intercessão de São Tiago.

“Em Santana, foi feita a medicação injetável. Fomos acompanhados por uma técnica de enfermagem, a Iza Maria. Lá, fomos recebidas por outra técnica, a Aurelina Penha, que foi quem preparou a medicação. Ele ficou em Santana internado, passou mal, quase perdeu a vida. Eu, como mãe, desesperada, pedi a Deus que desse a vida de meu filho, com a intercessão do Glorioso São Tiago. Prometi que se ficasse bom, o Paulo iria fazer a figura de São Tiago um dia. Ele ficou bom”, recorda-se, emocionada.

A espera foi longa. Em 2015, a mãe procurou a Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), entidade de Mazagão Velho integrada pelos organizadores das festividades. Foi orientada a associar o filho. Mas a decisão foi através de votação em assembleia, em agosto do mesmo ano, já que o critério da escolha das figuras principais é por sorteio. A maioria aprovou o pagamento da promessa.

“Ali começou minha expectativa, meu nervosismo, minha emoção. Todo filho ou descendente de Mazagão Velho sonha em fazer a figura de São Tiago. Fiquei muito emocionada quando meu filho foi contemplado, para pagar essa promessa em 2019. A ansiedade é muito grande, mas aqui estamos para realizar a promessa do meu filho, se Deus quiser vai dar tudo certo e São Tiago vai abençoar”, anima-se a mãe de Paulo.

Ela diz que, apesar do nervosismo e da ansiedade, a família se prepara há quatro anos para viver esse momento, o qual, segundo Raimunda Pimentel, será a concretização de um sonho. Uma casa, em Mazagão Velho, foi alugada para ser o local exclusivo para os preparativos e os compromissos das figuras, como a recepção dos foliões nas alvoradas festivas.

“Vai estar todo mundo da família de férias. Todos os familiares estão ajudando, especialmente com orações e palavras de incentivo e apoio, para que tudo saia da melhor forma possível”, finaliza.

A Festa de São Tiago

Tradição trazida da África no século 18, a Festa de São Tiago completa 242 anos em 2019, e acontece de 16 a 28 de julho. É realizada desde o ano de 1777 em Mazagão Velho, no município de Mazagão. Mistura rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto para contar a aparição de Tiago como um soldado anônimo que lutou bravamente ao lado do povo cristão contra os mouros e garantiu sua vitória.

É organizada e realizada pela comunidade local, através da Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), com apoio do Governo do Amapá e prefeitura local. Este ano, o Estado investiu R$ 692.738,40, repassados através de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Mazagão (MazagãoCult).

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Gabriel Penha / Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá