quinta, 18 de abril de 2019 - 11:33h - 2293
Finep incentiva pesquisa e inovação no Amapá
Entidade, ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, apresentou seus programas e linhas de financiamento para diversos setores do Estado.
Por: Rafael Aleixo .Colaboradores: Eloisy Santos
Foto: Rafael Aleixo
Reunião no Palácio do Setentrião reuniu representantes da Finep e de órgãos do Executivo estadual ligados ao setor produtivo, saúde e educação

Os representantes da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), empresa pública ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) estiveram no Amapá durante esta semana. Eles cumpriram uma série de apresentações para seguimentos variados das esferas pública e privada sobre as formas de acesso aos editais, programas e linhas de financiamentos da entidade.

A vinda da Finep ao Amapá foi articulada pelo governo do Estado através da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social local, por meio do fomento à ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas.

Para o gerente regional da Finep, Rodrigo Lima, o Amapá ajuda a criar um ecossistema de inovação para a geração de emprego e renda, além de solucionar questões de qualidade de vida na região. “Agradecemos a oportunidade de apresentar os nossos editais e programas. A Finep é a maior instituição de pesquisa de toda a América Latina e a única brasileira que apoia a pesquisa, desenvolvimento e inovação de ponta a ponta. E agora estamos trazendo todas essas expertises e novidades ao Amapá”, destacou o gerente.

Agenda

O primeiro encontro com as instituições locais ocorreu na segunda, 15, com o presidente da Agência de Fomento do Amapá (Afap), Francisco de Assis, e a equipe técnica da agência. Na ocasião, a Afap apresentou as linhas de crédito da instituição e a Finep, por sua vez, divulgou suas formas de investimento em inovação, esclareceu dúvidas sobre funcionamento, itens e condições de financiamento, formulário de submissão de propostas, entre outros.

O foco da Finep foi, principalmente, apresentar o Programa Inovacred, visto que a Afap tem potencial para ser um agente financeiro cadastrado a operar o programa, que oferece financiamento a iniciativas inovadoras de empresas com receita operacional bruta anual ou anualizada de até R$ 90 milhões. O apoio da Finep é feito por meio de agentes financeiros cadastrados e que atuam em seus estados ou regiões.  A ideia é aplicação no desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços, ou no aprimoramento dos já existentes, ou ainda em inovação em marketing e organizacional.

De acordo com o presidente da Afap, Francisco de Assis Costa, a instituição já financiou projetos de inovação por meio das linhas de crédito já existentes, entretanto, com a oportunidade de se credenciar como agente financeiro do Finep, aumentará a oportunidade para que outros projetos sejam atendidos.

Na terça, 16, os representantes da Finep se reuniram na Setec os representantes da Unifap, Setec, Universidade do Estado do Amapá (Ueap), Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (Iepa), Instituto Federal do Amapá (Ifap), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeap), Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e faculdades particulares.

Segundo o secretário da Setec, Rafael Pontes, o Estado possui grandes potenciais de desenvolvimento de pesquisa e inovação e agora pode acelerar este processo com o apoio da Finep. “O número de instituições e empresas que usam pesquisas e inovações em seus produtos e processos tem aumentado consideravelmente e, o apoio da Finep vem melhorar ainda mais o desenvolvimento local”, destacou Pontes.

Na quarta, 17, no Palácio do Setentrião, o chefe-adjunto do gabinete do governador, Carlos Marques, conduziu um encontro de representantes da Finep com órgãos do Executivo estadual ligados ao setor produtivo, saúde e educação. Na oportunidade, a financiadora apresentou seus programas na área de Inovação. A exemplo do Inovacred, destinado a empresas; e o programa Cidade Inovadora, que tem como público-alvo os municípios brasileiros.

Na ocasião, Marques destacou que o desenvolvimento econômico do Amapá é um compromisso da gestão, sempre pautado nas potencialidades regionais. Ele lembrou que o Estado resgata e aperfeiçoa o programa "Amapá Produtivo", criado no primeiro mandato do governador Waldez Góes, que agrega estudos e características dessas vocações.

Conforme Carlos Marques, esse programa será imprescindível, agora, no planejamento, assistência técnica e acompanhamento junto à Finep para oportunizar aos empreendedores amapaenses o acesso aos financiamentos da empresa pública, para alavancar e ampliar seus negócios.

“Estamos empenhados em estreitar a relação com a financiadora, mobilizando técnicos e viabilizando o acesso aos recursos, através da Afap.  A ciência, a tecnologia e a inovação devem ser fortes aliados no processo de desenvolvimento econômico do nosso estado, na geração de emprego, renda e melhor qualidade de vida para a nossa gente, que é nosso maior compromisso”, ressaltou Marques.

A sede regional da Finep está situada na cidade de Belém, no Pará. Todos os editais e programas e linhas de financiamento estão disponíveis no site www.finep.gov.br.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá