quarta, 16 de dezembro de 2020 - 17:00h - 3203
Governo do Estado realiza varredura vacinal contra o sarampo no Amapá
Ação intensificada será realizada em janeiro de 2021 com apoio da OPAS e do Ministério da Saúde.
Por: Nelson Gama
Foto: Nelson Carlos
Profissional de saúde preparando dose de vacina do sarampo.

O Governo do Amapá realizará em janeiro de 2021 a varredura vacinal contra o sarampo no estado. A ação, que acontece em parceria com a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS) e o Ministério da Saúde, tem o objetivo de atualizar a caderneta de vacinação de crianças menores de 5 anos.

A atenção maior para a imunização dos amapaenses se dá pela alta de novos casos da doença no estado, com números que provocaram o Ministério da Saúde e a OPAS a reunirem com a Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) para uma campanha mais intensa no Amapá.  

A ação acontecerá em 7 municípios do estado que apresentam casos da doença ou que também estejam vulneráveis a um possível surto ocorrências, sendo eles; Macapá, Santana, Mazagão, Porto Grande, Oiapoque, Laranjal e Vitória do Jarí.  

A OPAS solicitou que cada município convocasse, em seu território, profissionais para trabalhar na ação de varredura, a fim de que seja possível identificar e vacinar 100% da população-alvo de cada localidade.

Os profissionais convocados foram capacitados pela SVS e têm a tarefa de ir de casa em casa vacinando as pessoas que ainda não tomaram a vacina e atualizando a caderneta de crianças que estejam com a imunização atrasada. Também devem identificar casos ativos da doença para que se possa dar o atendimento especializado para a pessoa.  

Sarampo  

O sarampo é uma doença infectocontagiosa que causa febre alta, manchas vermelhas na pele (exantema), além de tosse, coriza, inflamação nos olhos, e pode ser fatal. O Estado passou 23 anos sem registrar nenhum caso da doença, até 2019, quando foram registrados dois casos.  

Até o momento foram 354 casos notificados, destes, 178 já foram confirmados desde janeiro de 2020, sendo 106 em Santana, 64 em Macapá, 5 em Mazagão, 1 em Pedra Branca do Amapari e 1 caso em Porto Grande. Outros 34 casos estão em análise laboratorial. 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá