sexta, 16 de outubro de 2020 - 18:20h - 650
Professores relatam os desafios enfrentados e superações para ensinar na pandemia
Aliar as emoções do período de pandemia e estudar novas ferramentas para produzir aulas remotas foram alguns desafios enfrentados pelos professores.
Por: Caroline Mesquita
Foto: Divulgação
Para a professora Artemisa, o maior desafio foi usar as ferramentas para o mundo digital e desenvolver essas habilidades em um curto período de tempo

Para destacar o último dia da Semana do Professor, em comemoração e reconhecimento aos profissionais da Educação da rede estadual de ensino, os professores Artemisa Quaresma e Márcio Costa comentam sobre os desafios enfrentados e superações para ensinar e produzir aulas no período de pandemia.

Ninguém estava preparado para enfrentar algo tão inesperado como é uma pandemia, mas todos tiveram que se adaptar, principalmente os professores e alunos. Em março, o governo decretou a suspensão das aulas presenciais como forma de evitar o contágio e propagação do novo coronavírus. Desde então, a rede estadual utiliza as estratégias de ensino remoto.

Para a professora Artemisa Quaresma, que leciona para estudantes do Ensino Fundamental I na Escola Estadual Quilombola Lagoa dos Índios, em Macapá, o maior desafio foi usar as ferramentas para o mundo digital e desenvolver essas habilidades em um curto período de tempo, devido a necessidade e urgência para produzir as aulas.

“Tivemos que baixar aplicativos de edição de vídeos, baixar vídeos do Youtube e descobrir como funciona o mundo digital. Eu sempre usava para pesquisa e informações necessárias, mas não com tanta intensidade para as aulas. Estou achando incrível”, comentou.

Ressignificação

Além de aprender as novas ferramentas digitais, Artemisa acredita que esse período de pandemia serviu para os professores acreditarem em suas capacidades de ressignificar, de transformar o que aconteceu de ruim em aprendizado.

“De forma alguma foi um ‘estar de férias em casa’. Foi um momento de dor, perdas, medo, insegurança, e de articular isso com o trabalho. Agradecer a oportunidade de se reinventar e olhar para o futuro de uma nova forma”, considerou.

A professora recebe apoio do programa Criança Alfabetizada com orientação e reforço para a aprendizagem dos estudantes em casa.

“Buscamos atender de uma forma diferenciada. Os professores dando aula para os alunos e os formadores do programa dando aulas para a gente. É um novo aprendizado. Agora só falta o contato mais próximo com os alunos, pois as crianças fazem muita falta”, disse a educadora.

Desafios

Márcio Costa é professor de Matemática na Central do Enem – preparatório gratuito da rede estadual para os estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ele conta que desenvolver aulas remotas, sem treinamento e nem equipamento adequado foi um verdadeiro desafio.

“Tivemos que estudar como fazer essas aulas remotas, entender como funciona esse método de estudo e adequar os equipamentos de casa para produzir uma aula de qualidade para que o aluno possa aprender a matéria e fazer uma boa prova no Enem”, explicou.

Após sete meses de confinamento e já com uma nova habilidade de ensino online, o professor acredita que esse é um caminho sem volta.

“Mesmo com o retorno do ‘novo normal’, o ensino online não tem mais como ficar de fora. Até porque não podemos ser pegos de surpresa novamente. Não foi fácil, tivemos que estudar muito. Também não foi mil maravilhas no início, mas agora estamos nos aprimorando”, avaliou.

Costa acredita que a maioria dos professores estão sentindo falta do contato humano, do ambiente escolar, de poder conversar com o aluno, pois no online existe a dificuldade de humanizar a aula. Mesmo assim, é necessário que cada professor renove o sentimento de ensinar bem e fazer a diferença na vida do aluno e de suas famílias.

“Que seja um momento de renovar nossas energias, nossas crenças, pois podemos fazer parte de uma mudança significativa na sociedade que temos hoje. E que essa mudança possa partir pelo professor, pela educação”, desejou o educador.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá