quarta, 16 de maio de 2018 - 21:11h - 505
Candidatos à carreira na Polícia Civil disputam mais três fases simultâneas do concurso
Etapa, que une os exames psicossocial, médico e documental, prossegue até o próximo dia 23, para os cargos de agente, oficial e delegado.
Por: Elder de Abreu
Foto: José Baía / Secom
Jânio Filho foi um dos convocados para as fases atuais do concurso. Ele disputa uma vaga para o município de Porto Grande

As etapas que antecedem o Curso de Formação Policial Profissional, considerado a fase final do concurso para a Polícia Civil do Amapá, já começaram e prosseguem até o próximo dia 23. O governo decidiu realizar, de uma só vez, os exames documental/médico, psicológico e investigação social – correspondentes às 4ª, 5ª e 6ª fases – para acelerar o reforço policial às forças de segurança do Estado.

Depois de passar pela avaliação psicológica escrita, ocorrida na terça-feira, 15, para todos os três cargos em disputa no certame, os candidatos convocados para a etapa simultânea começaram a cumprir os exames documental e de investigação social nesta quarta-feira, 16. A entrega de documentos vai até a sexta-feira, 18, na Secretaria de Estado da Administração (Sead) – órgão que coordena o concurso.

A partir de segunda-feira, 21, até a quarta-feira, 23, os concorrentes passarão por avaliação médica e pelas entrevistas do exame psicológico, conforme o edital de convocação.

O gerente de concursos da Sead, Marcos Fernandes, explicou que a decisão de antecipar e executar as três fases de uma vez também possibilita que um maior número de candidatos classificados e que são de fora do Estado possam atender aos requisitos do concurso sem a dificuldade de translado.

“Isso acelera o certame porque cada vez que um candidato, residente ou não no Estado, é desclassificado, outro deve ser chamado no lugar dele para cumprir novamente todas as etapas anteriores e isto pode retardar o andamento do concurso, e, nesta situação, o interesse público é o reforço policial o mais rápido possível”, analisou o gerente.

O candidato Jânio Filho, que disputa uma vaga ao cargo de agente de polícia civil, já viajou três vezes de Goiânia (GO) a Macapá para encarar provas e testes do concurso. Advogado, ele decidiu buscar uma carreira policial há um ano, quando iniciou estudos específicos para concursos focados na profissão.

Inscrito para concorrer a uma vaga para o município de Porto Grande, a 100 km da capital, Jânio elogiou a organização do concurso. “Até aqui tudo tem transcorrido com tranquilidade, sem nenhum evento que ponha em dúvida a lisura do certame, tudo dentro do planejado e as fases estão bem organizadas”, observou o candidato.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

José Baía / Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá