quinta, 16 de janeiro de 2020 - 21:38h - 5066
Cooperação entre Estado e Apex busca estimular empresas do AP para o mercado internacional
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos apresentou seu portfólio ao governo amapaense com foco na promoção de exportações.
Por: Andreza Teixeira
Foto: Marcio Pinheiro

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) apresentou seu portfólio de serviços e produtos ao governador do Amapá, Waldez Góes, e a equipe. A Agência pode auxiliar o Estado nas ações de promoção de exportações, internacionalização de empresas locais e de atração de investimentos estrangeiros. A reunião aconteceu nesta quinta-feira, 16, no Palácio do Setentrião, em Macapá, e foi conduzida pelo diretor da entidade, Edevaldo Teixeira.

Apex Brasil

É uma entidade de direto privado e possui 13 escritórios nos cinco continentes, além de funcionar em mais de 220 embaixadas no mundo. Entre suas ações integradas, estão incentivar empresas a participarem de feiras internacionais, estudos de oportunidades de mercado e missões comerciais.

“Dados de 2018 revelam que, para cada dólar que a Apex gastou com esse trabalho, o Brasil recebeu de volta U$4.285 em investimentos, um valor muito significativo”, explicou Teixeira.

Atuação no Amapá

A Apex Brasil atua em 19 estados do país. No Amapá, as atividades iniciaram em 2019 e devem ganhar força este ano, uma vez que a entidade vai inaugurar um escritório em Belém do Pará, no dia 2 de março. Com isso, os estados amazônicos terão mais facilidades para promover seus produtos e serviços no exterior.

Edevaldo Teixeira ressaltou que a entidade busca dar maior atenção às pequenas e médias empresas. E, com a presença na região, pode auxiliar o Amapá a aumentar o número de empreendimentos que exportam e também atrair investimentos estrangeiros.

Ele citou que há, por exemplo, possibilidade de incentivar empresas de participarem de feiras internacionais, como a Expo Dubai 2020, que acontecerá em outubro e será uma vitrine estratégica.

“Vamos também desenvolver um estudo de oportunidades de mercado específico para identificar quais são as possibilidades de exportação que o Amapá tem”, disse o diretor da entidade.

Waldez Góes ressaltou que a construção da parceria é muito importante para ajudar no processo de incentivo ao desenvolvimento econômico do estado. Ele lembrou que o Amapá vem incentivando o relacionamento público e privado.

“Nós estamos investindo em instrumentos que estimulem os investidores e, neste processo, sempre temos a preocupação com a segurança jurídica e ambiental. Acredito que a cooperação com a Apex Brasil vai ampliar as possibilidades de participação na balança comercial no que diz respeito à exportação”, disse o governador.

GALERIA DE FOTOS

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá