sexta, 15 de março de 2019 - 21:55h - 250
Amapá busca parcerias para o setor de ciência e tecnologia em fórum nacional
O Confap foi realizado na sede do CNPq e contou com representantes de todos os Estados, além de entidades de fomento do setor de ciência e tecnologia.
Por: Rafael Aleixo
Foto: Divulgação/Confap
Representantes de todos os estados participaram das discussões do fórum, em Brasília

O Amapá foi representado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap) no fórum nacional do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), que reuniu as 26 Fundações de Amparo às Pesquisa (FAPs) dos Estados brasileiros e do Distrito Federal.

Realizado na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em Brasília (DF), o encontro teve sua primeira edição deste ano. A diretora-presidente da Fapeap, Mary Guedes, que também é a representante da Região Norte no fórum, disse que o Amapá é um dos estados que mais tem se interessado na política de ciência, tecnologia e inovação no país. “Já temos o nosso Marco Legal da Ciência e Tecnologia, aprovado desde o início do ano passado, e buscamos agora ampliar nossas parcerias com as diferentes agências e organismos que incentivam e fomentam o nosso setor”, pontuou Guedes.

Entre as instituições de fomento presentes estiveram o CNPq, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

O Confap

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa é uma organização sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover uma melhor articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. Criado em 28 de abril de 2006, congrega 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs), e trabalha como parte ativa do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Parcerias nacionais e internacionais

Também foram debatidos assuntos pertinentes a políticas públicas de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação, envolvendo o Confap, no conjunto de suas Fundações, as agências nacionais e os organismos internacionais. Foram analisados programas e parcerias já existentes, bem como pensadas novas atividades envolvendo recursos e esforços dos organismos envolvidos.

Além do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), CNPq, Capes e Finep, também participaram das discussões a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), o Ministério da Saúde e o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). Da parte internacional, estiveram presentes os parceiros da União Europeia e do Reino Unido.

Ao final da programação do dia, os participantes do fórum visitaram a Embaixada Britânica, onde foram recebidos pelo embaixador Vijay Rangarajan. O jantar foi oferecido dentro da programação do Ano Brasil-Reino Unido de Ciência e Inovação.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá