terça, 15 de janeiro de 2019 - 12:11h - 4183
Ueap lança edital para o Vestibular 2019 com 600 vagas
Inscrições vão de 21 de janeiro a 4 de fevereiro no Portal da Ueap; vagas são para graduações ofertadas nos campi de Macapá.
Por: Diego Diniz
Foto: Maksuel Martins/Secom
As 600 vagas ofertadas estão divididas em 15 habilitações nos 11 cursos

A Universidade do Estado do Amapá (Ueap) lançou nesta terça-feira, 15, o edital do Processo Seletivo de 2019 para preenchimento de vagas no ensino regular. São 600 vagas abertas nos 11 cursos dos campi de Macapá, excetuando-se Licenciatura em Música que realiza exame diferenciado, cujas inscrições para este vestibular em específico estão abertas e encerram-se na sexta-feira, 18.

Para efetuar inscrição no Processo Seletivo do ensino regular da universidade, o candidato deve preencher o formulário eletrônico no Portal Ueap no endereço eletrônico www.ueap.edu.br. As inscrições ocorrerão entre os dias 21 de janeiro e 4 de fevereiro.

Vagas

As 600 vagas ofertadas pela Universidade do Estado estão divididas em 15 habilitações nos 11 cursos: Engenharias (Ambiental, Florestal, Química, Produção e Pesca), Licenciaturas (Filosofia; Pedagogia; Letras – Francês, Inglês, Espanhol ou Português; Ciências Naturais e Química) e na área de Tecnologia em Design (turnos da tarde ou da noite).

A Ueap utiliza como critério único de avaliação as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), podendo o candidato optar por qual nota usar entre os exames de 2017 e de 2018. As pontuações mínimas para admissão por curso podem ser conferidas pelo link “Edital PS 2019” no endereço http://processoseletivo.ueap.edu.br.

Licenciatura em Música

Até a próxima sexta-feira, 18 de janeiro, estarão abertas as inscrições para o curso de Licenciatura em Música, com 30 vagas disponíveis. Para efetuar inscrição, o candidato deve preencher o formulário eletrônico constante no edital publicado no Portal Ueap. Para esta seleção, haverá duas outras fases de exames, incluindo conhecimentos práticos e teóricos de música.

As cotas foram divididas em 5% para indígenas e 5% para pessoas com deficiência. O restante das vagas será dividido proporcionalmente entre afrodescendentes, egressos da rede pública e egressos da rede particular.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá