quinta, 14 de novembro de 2019 - 10:29h - 1315
Nova Duca Serra: sistema de drenagem permitirá escoamento adequado da água das chuvas
Previsto no projeto do Governo do Estado de 17 quilômetros de duplicação da rodovia, serviço dará vasão ao fluxo de água do futuro canteiro e do retorno.
Por: Joyce Batista
Foto: Maksuel Martins/Secom
Drenagem será realizada em pontos estratégicos da rodovia Duca Serra

O Governo do Amapá, através da Secretaria de Estado de Transporte (Setrap) realiza a construção de um sistema de drenagem na Rodovia Duca Serra (AP-020), no trecho próximo a um clube de futebol e dois condomínios residenciais. O objetivo é evitar o acúmulo de águas pluviais na pista, no canteiro central e no retorno em elipse – estruturas que serão erguidas nas próximas etapas do projeto de duplicação da via.

É a primeira vez que o local contará com esse sistema. De acordo com a Setrap, a água das chuvas será transportada através de canaletas até as “bocas coletoras”, seguindo até os pontos de lançamento. Para isso, manilhas em concreto estão sendo inseridas ao longo da pista. Todos os trechos que terão canteiros e retornos receberão o mesmo serviço.

“A duplicação da Duca Serra é uma obra completa que está sendo realizada em benefício da população”, afirmou o secretário de Transporte, Benedito Conceição.

No mesmo perímetro equipes trabalham na terraplanagem e asfaltamento da pista no sentido Santana-Macapá. Do outro lado da via os serviços já foram finalizados, com cerca de 1,5 quilômetros de pavimentação. O trecho foi liberado provisoriamente para o tráfego de veículos nos dois sentidos.

Duplicação

Desde agosto o Governo do Estado investe na nova etapa de duplicação da Duca Serra com o objetivo de melhorar a mobilidade urbana dos municípios de Macapá, Santana e Mazagão, que integram a Região Metropolitana. O projeto também busca solucionar problemas no trânsito da via durante os horários de pico, oferecendo mais qualidade e segurança aos usuários.

Ao todo serão duplicados 17 quilômetros da rodovia, com 12 retornos, duas rotatórias, quatro passarelas elevadas, ciclovia, acostamento, barreiras de segurança e sinalização horizontal e vertical.

A ponte sobre a Lagoa dos Índios, localizada na mesma rodovia, também integra o pacote de mobilidade. A obra está próxima de conclusão de sua segunda fase em um dos lados da pista.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá