quinta, 14 de novembro de 2019 - 22:34h - 1284
Empresas buscam perfil inovador durante Balcão de Oportunidades
Evento ocorreu nesta quinta-feira, 14 e contou com a participação de 15 empresas e 199 jovens, por meio de parceria entre Governo do Estado do Amapá e Sebrae.
Por: Anne Santos
Foto: José Baía/Secom
Representantes de 15 empresas puderam conhecer 199 jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho

Com análise de perfil comportamental por meio de questionários e dinâmicas no Balcão de Oportunidades do Jovem Descolado, 15 empresas puderam conhecer 199 jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho. Na tarde desta quinta-feira, 14, os candidatos tiveram a chance de mostrar habilidades desenvolvidas durante o curso, resultado de uma parceria entre Governo do Estado do Amapá (GEA) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Um desses jovens é Luciano Alves, de 21 anos, que está em busca de uma vaga no setor administrativo. Para ele, o Jovem Descolado foi além da qualificação. “Tive a possibilidade de desenvolver minhas habilidades e hoje eu afirmo que estou preparado para o mercado de trabalho e pronto para contribuir com o crescimento de uma empresa”, disse ele ao tentar uma vaga.

Após identificar o perfil comportamental, os jovens foram divididos em grupos para mostrar na prática como se comportam. Momento em que as empresas puderam observá-los em ação. Depois, entregaram currículos para avaliação das empresas. Se selecionados, serão chamados para uma entrevista.  “Foi bem interessante. Com a dinâmica conseguimos identificar o perfil desse jovem e em qual cargo se encaixa. É muito importante para nós essa oportunidade. Tem jovens que se destacaram e que pretendemos chamar para entrevista na empresa”, afirmou Paula Picanço, psicóloga de uma rede de supermercados que participou do evento.

O secretário Extraordinário de Políticas para a Juventude, Pedro Filé, ressaltou a importância da parceria para proporcionar um ambiente onde os jovens pudessem desenvolver habilidades e serem inseridos no mercado de trabalho. “Foi uma parceria com bons resultados e principalmente de oportunidade para os nossos jovens. Foram dois meses de preparação para que hoje, estivessem aqui aptos para atender o que o mercado procura”.

De acordo com a diretora-técnica do Sebrae, Marciane Santo, pela primeira vez, além de capacitar, o programa intermediou o acesso do jovem às empresas para entrevistas de emprego. “Esses jovens só precisam de uma oportunidade. Se preparam para esse momento e querem mostrar o potencial”.

Para a secretária de Estado da Inclusão e Mobilização Social, Albanize Colares, órgão responsável pelo Termo de Fomento para execução do programa, o Balcão de Negócios além de ter sido um momento inédito, foi a possibilidade ímpar dos jovens, apresentarem suas vocações e habilidades. “Puderam in loco fazer suas escolhas para futuras contratações, literalmente uma vitrine de negócios!", afirmou.

Uma oportunidade que Herculis Batista aproveitou. “Estou confiante. Muitas empresas pediram para falar comigo e acredito que logo serei chamado para entrevistas. Sou extremamente grato a toda equipe que se empenhou para trazer cada uma dessas oportunidades”, disse o jovem.  

O secretário extraordinária de Políticas para Afrodescendentes, Aluizo de Carvalho, também participou da ação. 

O projeto

Um termo de fomento foi firmado entre o GEA e o Sebrae para execução das atividades do programa Jovem Descolado, que ofertou durante dois meses aulas teóricas e práticas sobre marketing pessoal, coaching de carreira e relações humanas, atendimento ao cliente, técnicas de negociação, empreendedorismo e novos modelos de negócios. A parceria possibilitou a inserção dos participantes de programas sociais do Governo. Ao todo 890 jovens foram qualificados.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá