quinta, 14 de junho de 2018 - 21:30h - 250
Estado garante a concessão de prédios públicos à Prefeitura de Amapá
Prédios ficam na região central da cidade e serão destinados à implantação da Secretaria Municipal de Educação e dos centros Administrativo e Cultural.
Por: Andreza Teixeira
Foto: Márcio Pinheiro/Secom
Governador Waldez Góes frisou que a decisão beneficiará os moradores porque já há um planejamento para o uso dos imóveis

Nesta quinta-feira, 14, o governador Waldez Góes e o prefeito de Amapá, Carlos Sampaio, assinaram três termos que concedem o direito real de uso gratuito de bens públicos do estado ao município, localizado a 302 quilômetros da capital. Os prédios ficam na região central da cidade e serão destinados à implantação da Secretaria Municipal de Educação; do Centro Administrativo Municipal e do Centro Cultural Municipal. A concessão tem validade de 20 anos. A assinatura aconteceu no Palácio do Setentrião, sede do governo amapaense, em Macapá.

A secretária de Estado da Administração (Sead), Suelem Amoras, disse que os técnicos da Sead visitaram o município para fazer o levantamento desses imóveis e de outros prédios que existem em Amapá. "Estamos com um levantamento geral dos imóveis que estão ocupados, desocupados ou que não estão ocupados legalmente", explicou a gestora. Ela acrescentou que o próximo passo é regularizar todos os imóveis do município que pertencem ao Governo do Amapá.

Durante a solenidade, Carlos Sampaio explicou que já há recursos para a reforma de um dos prédios, onde funcionará o Centro Cultural Municipal e que a prefeitura está trabalhando na elaboração dos demais projetos. Ele destacou que a medida garantirá melhorias na infraestrutura da cidade e será uma forma de resgatar a autoestima da população amaparina.

“Essa medida permitirá que a prefeitura melhore seus espaços públicos e ofereça um acolhimento de maior qualidade aos seus servidores e munícipes”, garantiu Sampaio, que considera o momento, como histórico para a cidade de Amapá.

O prefeito lembrou das ações que o governo estadual vem implementando no município, como a instalação do primeiro campus da Universidade do Estado do Amapá (Ueap) no interior. O campus funcionará em um espaço anexo à Escola Estadual Vidal de Negreiros, beneficiando a população da região dos lagos, área composta pelas cidades de Amapá, Calçoene, Tartarugalzinho e Pracuúba.

Até 2017, os moradores desses lugares precisavam se deslocar a outros municípios para cursar o ensino superior. Em 2018, eles já poderão estudar na própria região, pois o primeiro vestibular aconteceu em maio e o resultado será divulgado nesta sexta-feira, 15, para quem se inscreveu nos cursos de Engenharia Agronômica e Licenciatura em Matemática.

O prefeito também mencionou a Praça de Cabralzinho, espaço de lazer e turismo em Amapá inaugurado pelo governo estadual no ano passado.

Para Waldez Góes, é fundamental o diálogo entre governo estadual e prefeitura para garantir benefícios à sociedade. “Em época de crise nacional, a união destes esforços fez o Amapá conquistar muitas coisas. Temos a certeza que essa decisão beneficiará a população do município, porque há um planejamento para o uso desses imóveis”, frisou o governador.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá