sexta, 14 de janeiro de 2022 - 17:55h - 7583
"Ter minha filha em uma escola de gestão compartilhada é uma emoção sem precedentes", diz mãe de estudante
Foram sorteadas para 6º ano do Ensino Fundamental (anos finais), nas escolas estaduais Antônio Messias e Risalva Freitas do Amaral, 290 vagas.
Por: Fernando Carneiro Pereira
Foto: Fernando Carneiro/Seed
Rúbia Freitas e Emanuela Freitas acompanharam juntas o sorteio das vagas.

Na manhã desta sexta-feira, 14, as escolas estaduais de gestão compartilhada Antônio Messias Gonçalves da Silva (PM/AP) e Risalva Freitas do Amaral (CBM/AP), realizaram o sorteio de 290 vagas para estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental (anos finais), conforme edital da Secretaria da Educação (Seed).

Das vagas ofertadas, 70% são destinadas aos candidatos moradores dos bairros das comunidades escolares e 30% para ampla concorrência. Nesse quantitativo, estão inclusos os 10% de vagas garantidas para estudantes com necessidades especiais.

Com a procura maior que o quantitativo de matrículas disponíveis, a comunidade escolar dos bairros Zerão e Universidade acompanhou de perto a realização do sorteio das 200 vagas da escola Antônio Messias, destinadas aos estudantes que realizaram a pré-matrícula.

Mãe de uma das estudantes contempladas, a administradora Rúbia Farias, comemorou bastante a vaga conquistada através do sorteio.

"Estou muito feliz e emocionada, ter minha filha selecionada para estudar em uma escola de gestão compartilhada é uma emoção sem precedentes, sei que aqui minha filha terá uma boa educação e disciplina", comemorou Rúbia.

A escola Profª Risalva Freitas ofertou 90 vagas para o 6º ano do ensino fundamental anos iniciais e realizou o sorteio de forma online.

 

Clique aqui para conferir o sorteio online da escola Risalva Freitas.

 

A diretora da escola, Greice Pantoja, explicou que, para as vagas destinadas aos estudantes com necessidades especiais da comunidade escolar, houve um número menor de inscritos do que de vagas oferecidas.

“Temos seis vagas disponíveis para estudantes com necessidades especiais da comunidade escolar e apenas cinco inscritos. Desta forma, vamos apenas homologar os nomes desses estudantes. A vaga restante vai para a comunidade, que sai de 57 para 58 vagas reservadas para os moradores das proximidades”, explicou a diretora.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá