terça, 13 de agosto de 2019 - 20:25h - 3046
PAA adquiriu 41 toneladas de alimentos e movimentou R$ 148 mil em uma semana
Até dezembro, devem ser realizadas 129 feiras em 18 localidades do Amapá, beneficiando agricultores familiares e entidades socioassistenciais.
Por: Weverton Façanha
Foto: Maksuel Martins / Secom
Programa fomenta a agricultura familiar, adquirindo a produção e doando às entidades cadastradas

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) fechou a primeira semana de ações nos municípios de Porto Grande, Pedra Branca, Oiapoque, Laranjal do Jari, Cutias, Pracuúba e Macapá com mais de 41 toneladas de alimentos adquiridas e uma movimentação financeira de mais R$ 148 mil. O PAA é coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Amapá (Rurap) com parceria de outros órgãos do Estado e prefeituras.

Somente nas feiras do interior foram investidos mais de R$ 93 mil na agricultura familiar e cerca de 26 toneladas em produtos foram comercializadas. Em Macapá ocorreu a maior movimentação financeira, com mais de R$ 54 mil e 15 toneladas em alimentos adquiridas, beneficiando 66 fornecedores da agricultura familiar e 20 instituições.

Iniciado no dia 7 de agosto, o programa seguirá até o mês de dezembro, com expectativa de realizar 129 feiras em 18 localidades do Amapá.

“Nossa avaliação é extremamente positiva desta primeira semana, agricultores e entidades que fazem parte do programa ficaram entusiasmados com o início das feiras do PAA. Iniciamos esta semana em mais cinco municípios e, certamente, os resultados não serão diferentes”, declarou a coordenadora do PAA no Amapá, Darciane Gomes.

Nesta semana, as feiras serão realizadas em Amapá, Mazagão, Tartarugalzinho, Santana e Macapá.

O PAA

O PAA é um programa do Ministério da Cidadania, executado pelo Governo do Amapá, que adquire alimentos direto dos fornecedores que são agricultores familiares, assentados da reforma agrária, quilombolas, indígenas, pescadores, agroextrativistas, ribeirinhos, entre outros, conforme estabelecido em edital. Esses alimentos abastecem entidades da rede socioassistencial que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar, bem como, da rede pública de ensino.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá