sexta, 14 de junho de 2019 - 08:56h - 1044
Mosca da carambola: Diagro vai intensificar fiscalização educativa no aeroporto de Macapá
Ações de combate à praga que estavam paralisadas por causa das mudanças estruturais no novo aeroporto devem retornar a partir da próxima semana.
Por: Ailton Leite
Foto: Maksuel Martins/Secom
Nesta quinta-feira, 13, agentes da Diagro visitaram o local onde ficarão instalados no aeroporto

A partir da próxima semana, as fiscalizações da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária (Diagro) devem iniciar no novo Aeroporto Internacional de Macapá. A informação foi confirmada pela direção do órgão durante visita ao local, cedido pela superintendência do aeroporto.

A princípio, segundo o diretor-presidente da Diagro, José Renato Ribeiro, será realizado um trabalho educativo com os passageiros que embarcam com destino a outros estados. A medida se dará até que um novo scanner seja instalado no aeroporto, pois o antigo teve que ser desativado por causa da reestruturação do espaço.

“Para estas fiscalizações recebemos o reforço de colaboradores da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural que estão finalizando um treinamento sobre a mosca da carambola”, informou Ribeiro.

Dentro da ação educativa serão feitas abordagens em algumas cargas com o objetivo de evitar que frutos hospedeiros da mosca deixem o Estado, o que segundo a Diagro, poderá provocar sérios danos para a economia do país, principalmente se esses frutos chegarem a pontos produtores de frutos que são exportados para outros países.

José Renato adiantou que a Diagro estuda a possibilidade de colocar um cão farejador treinado para auxiliar nas fiscalizações e, que este assunto já foi tratado com a Superintendência Federal de Agricultura no Amapá. “Será um reforço a mais nas fiscalizações uma vez que o cão, a exemplo do que é feito no trabalho de combate às drogas, poderá farejar frutos nas bagagens e, com isso, aumentar nossa capacidade de fiscalização”, salientou.

A Diagro deve ainda colocar nos próximos dias informativos no aeroporto sobre quais frutos os passageiros não podem transportar para fora do Amapá e, reitera aos passageiros que evitem levar frutos nas bagagens. Caso seja encontrada algum na bagagem, o fruto será retido.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá