sexta, 12 de julho de 2019 - 10:57h - 1263
Dupla suspeita de furto de energia é detida em Laranjal do Jari
Suspeita foi identificada durante fiscalização da CEA na região sul do Amapá. Prática é crime e prevê pena de um a quatro anos de prisão.
Por: Cassio Albuquerque
Foto: Reprodução/PM
Flagrante foi feito após denúncia à CEA

Duas pessoas foram detidas na quinta-feira, 11, suspeitas de furto de energia elétrica. O caso ocorreu no município de Laranjal do Jari, a 265 quilômetros de Macapá, após uma denúncia feita à equipe de fiscalização da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).

Os suspeitos já tinham tido o fornecimento de energia cortado por diversas vezes por fazerem autorreligação no medidor de suas residências. Constam débitos nos valores de R$ 27 mil e R$ 9 mil em cada unidade consumidora.

Nesta nova denúncia, a equipe de fiscalização da CEA detectou que as unidades consumidoras estavam ligadas sem medidor, além da rede elétrica das casas estarem conectadas uma à outra. Diante disso, a CEA cortou o fornecimento do serviço e apreendeu os fios elétricos que interligavam os imóveis à rede de distribuição.

A Polícia Militar foi acionada e encaminhou os suspeitos à delegacia para depoimento. Eles poderão responder pelo crime de furto, que prevê pena de um a quatro anos de prisão.

Alerta

Além de prejudicar o fornecimento aos consumidores em situação regular com constantes quedas de energia, o furto de energia elétrica, conhecido popularmente como “gato”, gera danos à rede, custos operacionais à CEA, e pode apresentar risco de morte ao indivíduo que sobe no poste e faz intervenções sem autorização da Companhia.

O índice de perdas de energia da CEA chega a 32% somente em situações de furto de energia e autorreligação. É prejudicial para o consumidor adimplente e para a companhia.

Desde o início de 2018, as equipes de fiscalização têm atuado nas “blitzes elétricas”, que visam identificar irregularidades nos medidores, com atuação mais intensa em Macapá e Santana, municípios que concentram maior número de consumidores.

Denúncia

Para realizar a denúncia de ligações clandestinas e furtos de energia, o consumidor deve ligar para o Call Center da CEA, através do número 116.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá