sexta, 12 de abril de 2019 - 16:10h - 3243
Com novo aeroporto inaugurado, Amapá pode se tornar base logística para a Amazônia
Nova estrutura do terminal de passageiros compõe conjunto de obras prioritárias do Estado para dinamizar economia de seus polos produtivos.
Por: Maiara Pires
Foto: Marcelo Loureiro / Secom
Governador Waldez Góes participou da cerimônia de inauguração do novo Aeroporto Internacional de Macapá, entregue pelo presidente da República, Jair Bolsonaro

O Amapá entrou nesta sexta-feira, 12, em um novo patamar de desenvolvimento econômico e social com a inauguração do novo Aeroporto Internacional de Macapá, entregue pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, pela primeira vez cumprindo agenda no Estado. Ao cumprimentar as autoridades presentes, o governador Waldez Góes disse que a obra representa mais uma etapa cumprida no projeto de levar o Estado a sair da condição de dependência de transferência de recursos da União e conquistar sua plena autonomia. E ainda pode servir de base logística para desenvolver a Amazônia com um terminal de passageiros e cargas de alto padrão.

Na cerimônia de entrega, o presidente Jair Bolsonaro falou que uma obra desse porte abre as portas para o turismo, para o comércio e para a integração do Amapá com o resto do país. Inclusive, o ministro da Infraestrutura, Tarcício Gomes de Freitas, que veio acompanhando a comitiva presidencial, reconheceu a importância de garantir não apenas a mobilidade urbana à população, como também de conectar as regiões por meio de rodovias. E mencionou a conclusão dos trechos norte e sul da BR-156, no Amapá, de responsabilidade do governo federal, para alavancar o desenvolvimento do Estado.

Waldez Góes também mencionou que, mesmo a obra não sendo realizada pelo Executivo estadual, ela estava incluída no conjunto de obras consideradas prioritárias para agregar a infraestrutura necessária para dinamizar a economia local. “Sempre consideramos a reestruturação do Aeroporto Internacional de Macapá uma das obras fundamentais para dar sustentação ao projeto de desenvolvimento econômico e social do Amapá. Por isso, sempre participamos ativamente das articulações empreendidas para conseguir assegurar o compromisso do governo federal com a execução desse projeto”, destacou Góes.

Complementando, o governador amapaense enalteceu a sensibilidade dos presidentes que olharam de forma especial para a Amazônia e entenderam a relevância de uma estrutura aeroportuária como essa, que aumenta a autoestima de seus habitantes. Além disso, com o novo aeroporto, o Amapá passa a contribuir ainda mais com a sustentabilidade econômica da Região Norte, através da movimentação de passageiros que saltará de 2,1 milhões para 5 milhões ao ano.

Em seu discurso, a presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura (Infraero), Martha Sellier, descreveu a nova estrutura do aeroporto de Macapá dizendo que o governo federal estava entregando “um diamante em plena a Amazônia” lapidado por várias mãos e citou o empenho de todos os envolvidos na articulação de recursos para a obra, como a atuação da bancada federal amapaense. “Investimos R$ 167 milhões em uma infraestrutura à altura da qualidade de serviços que os nossos usuários merecem. Com isso, esperamos atrair novos voos e mais desenvolvimento para a região. Nosso compromisso é ter mais brasileiros voando a preços justos conectando todo o nosso país”, afirmou Sellier.

Ao falar de novos voos e preços justos, Martha Sellier citou a iniciativa do governador Waldez Góes de ir ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) propor a redução do ICMS sobre o querosene e gasolina de aviação. “Grande tem sido as iniciativas do Estado no sentido de baratear as operações das companhias aéreas. Com isso, temos certeza que teremos mais operações, mais destinos e mais passageiros [usufruindo de serviços aéreos]”, vislumbrou.

O Aeroporto Internacional de Macapá começa a funcionar com a nova estrutura do seu terminal de passagerios, a partir das 12h deste sábado, 13.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Marcelo Loureiro / Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá