quinta, 12 de março de 2020 - 16:12h - 2271
Mazagão: mulheres atendidas pelo Estado relatam como superaram o ciclo da violência
Evento fez parte da programação do Governo do Estado para o Mês da Mulher, que se estenderá por todo o mês de março.
Por: Alice Valena
Foto: SEPM Divulgação
Encontro da SEPM reforçou a importância do debate em Mazagão.

Relatos emocionantes de mulheres que foram maltratadas e superaram a violência doméstica marcaram o encontro promovido nesta quarta-feira, 10, pela Secretaria Extraordinária de Política para Mulheres (Sepm) no município de Mazagão.

O evento, que faz parte da programação do Governo do Estado para o Mês da Mulher – que se estenderá por todo o mês de março – ocorreu na sede do Centro em Referência de Atendimento à Mulher (Cram-Mazagão).

Denominado “Fortalecendo Mulheres”, o encontro reuniu profissionais e mulheres da comunidade, que foram atendidas pelo Cram.

A história contada por dona Aldanira Arrelias chamou a atenção. Ela teve a filha Stephane, assassinada pelo ex-companheiro em 2014. Do ciclo de violência vivenciado por sua filha, sobrou ainda um alento para a saudade deixada pela morte de Stephane: o filho dela, neto que Adanira hoje tem a guarda. 

Ela contou que busca estar sempre participar dos encontros para contar a história da filha e, assim, alertar outras mulheres da comunidade.

“Eu sigo contando o caso da minha filha sempre nesses encontros, pois desta forma procuro ajudar as mulheres a saírem do ciclo de violência. Eu Luto por todas as mulheres”, afirmou Andanira.

A diretora do Cram Mazagão, Gabriela Picanço, pontuou que os relatos são importantes para a conscientização de como proceder em casos de violência. Ela também comentou para as mulheres presentes a aplicabilidade da Lei Maria da Penha também foi debatida.

Para a secretária extraordinária de Política para Mulheres, Renata Apóstolo Santana, histórias como a de dona Aldanira ressaltam a importância de fortalecer a Rede de Atendimento à Mulher (RAM) no Amapá.

“Mais que comemorações o mês da mulher leva à reflexão sobre o papel feminino em sociedade e como a violência contra as mulheres pode ser superada. Ressaltamos que nossa formação da RAM será no dia 30 de março e reunirá mais de 100 pessoas de diversos órgãos do executivo, judiciário e legislativo”, informou a secretária.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Arte: John Barroso/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá