sexta, 12 de janeiro de 2018 - 17:31h - 540
Governo regulariza repasses e Ueap reduz em 92% o grau de endividamento em 2018
De R$ 4 milhões em 2014, as contas da Ueap ficaram em R$ 300 mil este ano.
Por: Eloisy Santos .Colaboradores: Diego Diniz e Elder de Abreu
Foto: Arquivo/Secom
Com as contas estabilizadas, a universidade poderá melhorar a aplicação dos R$ 700 mil que recebe mensalmente do Governo do Amapá.

A Universidade do Estado do Amapá (Ueap) inicia o ano com um cenário favorável para mais investimentos na qualidade do serviço prestado aos acadêmicos. A instituição conseguiu controlar o déficit financeiro e reduzir em 92,5% o grau de endividamento nos últimos quatro anos. De R$ 4 milhões em 2014, os débitos da Ueap ficaram em R$ 300 mil em 2018. Com as contas estabilizadas, a universidade poderá melhorar a aplicação dos R$ 700 mil que recebe mensalmente do Governo do Amapá para a estruturação e assistência estudantil.

O balanço de 2017 da Divisão de Planejamento (Diplan) da Ueap mostra que a redução da dívida ativa permitirá que a universidade liquide o débito, logo no primeiro repasse de 2018, e passe a operar com saldo positivo.

O reitor da Ueap, Perseu Aparício, analisou que este cenário favorável só pôde ser alcançado porque o Estado honrou com os repasses, o que possibilitou o planejamento e a execução financeira com projeções sólidas de crescimento. Ele ainda destacou que, com isso, a universidade se ajustou à Lei de Responsabilidade Fiscal, que exige dos gestores públicos o equilíbrio nas contas e no índice de endividamento.

Perseu também fez menção ao cenário nacional, pontuando que grande parte das universidades públicas brasileiras enfrentam graves crises financeiras por conta da insuficiência de repasses dos governos e das dívidas acumuladas, o que implicou em paralisação de semestres letivos inteiros e atrasos em salários de servidores. E a instituição estadual no Amapá vai na contramão disso. 

“A comunidade acadêmica vai ser impactada positivamente, seja no aumento do número de bolsas; na expansão dos serviços e projetos de assistência estudantil; aquisição de equipamentos para os laboratórios; ampliação da biblioteca e tantos outros benefícios”, exemplificou o reitor.

Perseu Aparício também acrescentou que para os próximos quatro anos, há previsão de serem construídos novos prédios da Ueap, além do novo Campus da Rodovia Juscelino Kubitschek, em Macapá.

Implantação

A Universidade do Estado do Amapá foi Implantada em 2007. Atualmente, possui um Campus principal, um anexo e um campo tecnológico, que atendem cerca de 3 mil alunos em 12 cursos de graduação.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá