sexta, 11 de outubro de 2019 - 19:24h - 731
Brincadeiras, lanches e presentes alegram tarde de crianças e adolescentes do Ciã Katuá
Lar abriga 38 crianças em situação de risco familiar; menores estão aptos para serem apadrinhadas por famílias para as celebrações de fim de ano.
Por: Gabriel Dias
Foto: José Baia
Pequenos se divertiram com brincadeiras e presentes

As 38 crianças que vivem provisoriamente no Abrigo Casa Lar Ciã Katuá tiveram uma tarde de muito amor e diversão nesta sexta-feira, 11. A Fundação da Criança e do Adolescente (Fcria) promoveu uma festa em alusão ao Dia das Crianças, com brincadeiras, lanches, apresentações culturais e entrega de presentes.

“Esses momentos fazem parte do atendimento humanizado que o Estado oferece para as crianças que se encontram em situação familiar de risco. É uma forma de fazer com que elas se sintam acolhidas e recebam o amor e atenção necessários nessa fase”, destacou a diretora-presidente da Fcria, Andreza Melo.

A diretora do Abrigo Casa Lar Ciã Katuá, Antônia Gama, disse que, atualmente, o local abriga crianças de 7 meses a 13 anos em situação de risco social. No abrigo, elas recebem apoio com psicólogos, nutricionistas, pedagogos, assistentes sociais, arte educadores, entre outros.

“Essas crianças são encaminhadas pelo Conselho Tutelar e pela Vara da Infância, através de denúncia. Elas estão em medida protetiva e recebem todo o acompanhamento psicológico, médico e educacional até que haja uma reestruturação familiar ou que ela seja encaminhada para adoção”, explicou a diretora.

Nos casos em que as crianças retornam para os antigos lares, elas seguem recendo acompanhamento durante seis meses. Mas, caso os pais não demonstrem interesse em ter os filhos de volta, elas são encaminhadas para o processo de adoção.

Apadrinhamento

As crianças abrigadas no Lar Ciã Katuá estão aptas para serem apadrinhadas por famílias para as celebrações de Natal e Ano Novo. Através do apadrinhamento, os pequenos são acolhidos de forma provisória por famílias que têm o interesse em garantir um final de ano cheio de amor e carinho para esses menores.

As famílias interessadas em acolher essas crianças devem procurar o abrigo, que fará uma visita à família e encaminhará um relatório para a Vara da Infância e da Juventude. Os interessados deverão fazer um cadastro e serão avaliados em critérios como idade, antecedentes criminais, ambiente familiar, uso de álcool e drogas.

“Normalmente, são famílias habilitadas que já possuem o interesse em adotar uma criança, e querem proporcionar para elas um momento de atenção e carinho”, explicou a diretora do abrigo.

O apadrinhamento não ocorre apenas no mês de dezembro, ele também pode ser em qualquer mês do ano. O Abrigo Casa Lar Ciã Katuá está localizado na Av. Cônego Domingos Maltês, 251, no bairro Trem, em Macapá.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

José Baia

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá