sábado, 11 de setembro de 2021 - 15:54h - 7574
Amapá celebra 15 anos de vidas salvas pelo Samu Estadual com homenagens
O momento também foi de homenagem aos servidores que foram recentemente levados pela Covid-19
Por: Karla Santos
Foto: Maksuel Martins
O serviço público, inaugurado no dia 11 de setembro de 2006, atende casos de urgência e emergência.

Com uma programação promovida pelo Governo do Amapá, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) comemorou, neste sábado, 11, o aniversário de 15 anos de implantação no Estado.

O evento, realizado para os servidores na sede da entidade, foi um momento para relembrar e dividir alegrias, mas também para homenagear os servidores que partiram durante a pandemia.

A celebração de aniversário trouxe uma homenagem a dois servidores do Samu que se foram para a Covid-19. Ademar dos Anjos tinha 68 anos e faleceu em novembro de 2020. Ele era diretor à época. Já o socorrista Jairo Salles tinha 33 anos e faleceu ainda no início da pandemia, em maio de 2020.

No momento da homenagem, a corporação reiterou a grandiosidade pessoal e profissional dos dois servidores, que dedicaram anos de suas vidas ao Samu.

Vidas salvas

A programação, que iniciou ainda na quinta-feira, 9, com ciclos de palestras voltadas ao fortalecimento do serviço, encerrou a semana de celebração com um café da manhã repleto de trocas de experiências entre os profissionais e recordações de memórias marcantes dos servidores.

O Samu, inaugurado em dia 11 de setembro de 2006, lida diariamente com acidentes, traumas com vítimas, ocorrências pediátricas, clínicas, obstétricas, entre outras. Por dia, são 120 ocorrências atendidas, em média.

Durante o primeiro semestre de 2021, o Samu atendeu 21 mil ligações, das quais resultaram em 2.237 orientações, 4.342 atendimentos de Unidades de Suporte Básico (USB) e 942 atendimentos de Unidades de Suporte Avançado (USA).

Lembranças

A diretora Eberecine Ferreira, que trabalha há 14 anos no Samu, relembra que entrar para a unidade foi um sonho realizado.

“Hoje o sentimento de nostalgia está grande. Eu passava em frente à base do Samu e admirava as pessoas que trabalhavam aqui. Atualmente eu faço parte desse trabalho, que, pra mim, tem uma grande relevância social. Eu me sinto muito realizada em compor essa equipe e cada resgate feito me deixa mais feliz com o meu trabalho”, afirmou a diretora.

O chefe de frota, Rildo Paixão, trabalha há 8 anos e 6 meses no Samu. Ele reforça que um dos principais pontos para a boa execução do trabalho é o companheirismo e a boa relação entre os colegas.

“Eu me sinto muito orgulhoso em fazer parte, em ter essa equipe. A equipe Samu tem essa força no sangue, essa vontade de ajudar o próximo e de salvar vidas. Já passamos por muitas situações de alegria e tristeza, mas sempre juntos, sempre fortalecendo o vínculo para realizar um trabalho com excelência. Somos todos apaixonados pelo trabalho”, orgulha-se o chefe de frota.

A responsável técnica pela enfermagem, Patrícia Cunha, afirma que todas as ocorrências são marcantes, mas os partos, em especial, levam grande alegria a equipe.

“As ocorrências de parada cardiorrespiratória são muito marcantes, principalmente quando conseguimos trazer o paciente de volta, mas os partos sempre nos deixam em festa. Trazer uma pessoa à vida é uma sensação indescritível e perceber o agradecimento nos olhos das mães é algo que não tem como expressar em palavras”, completou a enfermeira.

Para o secretário de saúde Juan Mendes, o Samu representa um serviço de extrema relevância social e os 15 anos marcam a excelência de uma equipe comprometida com o povo amapaense.

“O Samu desempenha um trabalho tão relevante que tem pessoas que comemoram o aniversário no dia do salvamento. A equipe salva vidas e marca a história dos resgatados para sempre. O momento é de gratidão por todos os profissionais que dão o melhor diariamente para oferecer o melhor atendimento possível a quem mais precisa”, declarou o secretário.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá