terça, 10 de dezembro de 2019 - 11:40h - 1924
Amapá aplica Avaliação de Alfabetização para mais de 13 mil crianças
Alunos do 2º ano do ensino fundamental de escolas estaduais e municipais passam por testes de Matemática e Língua Portuguesa.
Por: Caroline Mesquita
Foto: Wellington Costa/Seed
Alunos dos 16 municípios participam da avaliação para monitorar a aprendizagem

O Amapá deu mais um passo estratégico para alfabetizar crianças na idade certa. Nesta terça-feira, 10, mais de 13 mil alunos matriculados no 2º ano do ensino fundamental participam da Avaliação Estadual de Alfabetização.

Por meio da colaboração dos 16 municípios do estado, os testes servirão para monitorar a aprendizagem e subsidiar tomadas de decisões pelas redes de ensino. A avaliação faz parte do programa Criança Alfabetizada, lançado pelo Governo do Amapá.

As provas estão sendo aplicados nos turnos da manhã e da tarde, por técnicos da Secretaria de Estado da Educação (Seed). São três horas de avaliação por turno para responder testes de língua portuguesa e matemática com 20 questões cada.

Os estudantes fazem uma prova de uma das disciplinas, saem para o intervalo, lancham e depois retornam à sala de aula para concluir o segundo teste. Participam escolas das redes municipais e estaduais.

É a primeira vez que o governo avalia o nível de alfabetização dos estudantes de todas as escolas públicas, inclusive as rurais, com localizações de difícil acesso.

Através dos resultados será possível monitorar e avaliar os processos de desenvolvimento da alfabetização e do letramento inicial e das habilidades iniciais em matemática dos estudantes das escolas públicas do Amapá.

A secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, acompanhou pela manhã a aplicação das provas nas escolas Marly Maria Souza, da rede estadual, e Jardim Felicidade, da rede municipal, ambas na zona norte de Macapá.

A gestora considera a avaliação um símbolo consolidado do regime de colaboração entre estado e os 16 munícipios, e o pacto de todos pela alfabetização na idade certa.

“Estamos juntos e vamos agir em cima dos resultados dessa avaliação para planejar e executar ações que vão ajudar a alfabetizar todas as crianças. E vamos engajar pais, professores e comunidade escolar para que nenhuma criança fique para trás”, disse.

Para a professora Alana Rodrigues, da Escola Municipal Jardim Felicidade, a participação dos pais no processo de ensino e aprendizagem é essencial. Porém, ela destaca que a colaboração da família ainda é pouca.

“Essa avaliação servirá tanto para os meus alunos quanto para mim, pois vou saber o resultado do meu trabalho. Mas precisamos da participação de todos para alfabetização, especialmente dos pais”, reforçou Alana.

As avaliações serão corrigidas pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF). A previsão do resultado é no fim de janeiro de 2020.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Wellington Costa

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá