sábado, 11 de maio de 2019 - 09:30h - 198
Operação integrada visa segurança no trânsito e em áreas de risco em Macapá e Santana
Em meio à Campanha Maio Amarelo, as operações Lei Seca e Saturação vão atuar em conjunto, na zona sul de Macapá, durante este fim de semana.
Por: Henrique Borges
Foto: Philippe Gomes / Secom
Operação Saturação intensifica policiamento nas ruas, com abordagens a pessoas e busca por foragidos

Na tarde desta sexta-feira, 10, início do fim de semana do Dia das Mães e dia de pagamento da folha estadual, as forças de segurança pública do Estado se reuniram no Comando-Geral da Polícia Militar (PM/AP) para a primeira Operação Lei Seca da campanha Maio Amarelo e o lançamento da Operação Saturação, que vão atuar de forma integrada na zona sul de Macapá durante este fim de semana. O objetivo é garantir a segurança dos cidadãos nas áreas de risco e também no trânsito.

Na Operação Saturação, são 120 policiais militares envolvidos diretamente no combate à criminalidade dentro das áreas de risco de Macapá e Santana. De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Matias, a operação vai ser constante, pois a intenção é prevenir que as ocorrências aconteçam. “Esse tipo de atuação vai acontecer todos os fins de semana, a partir de hoje. O município de Santana, que tem se destacado na criminalidade, também vai ser alvo da Operação Saturação e vamos atuar diretamente nas principais áreas de risco do município”, ressaltou Matias.

Já na realização da primeira Operação Lei Seca do Maio Amarelo – campanha mundial pela prevenção de acidentes no trânsito –, serão 35 policiais militares e cinco viaturas. Como parte da campanha, este momento marca o início do estágio operacional do Curso de Agente de Trânsito voltado para a formação de 33 servidores que atuam na Operação Lei Seca, Guarda Municipal e batalhões da Polícia Militar. Esse é o primeiro curso dessa natureza ofertado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP) e os agentes estão sendo orientados sobre as legislações de trânsito, técnicas de abordagem, entre outras informações para aperfeiçoar o trabalho realizado por eles.

Para troca de experiências e debates sobre a legislação do combate à alcoolemia no trânsito, foram convidados para o curso dois agentes da Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre - RS (EPTC).

Os agentes Castro e Cunha atuam há 20 anos no trânsito e 10 na Operação Balada Segura do EPTC.  Para Castro, a ideia de trocar conhecimento é importante para desenvolver um trabalho com excelência. “Estamos trabalhando principalmente a questão da abordagem e da utilização do etilômetro. Viemos para aprender mais e também repassar nosso conhecimento. Conseguimos perceber que em vários estados do Brasil já estamos alcançando a conscientização, por isso, precisamos continuar treinando os agentes por todo o país, trocando experiências sobre como trabalhar o trânsito de forma humana e segura”, reforçou o agente sulista.

A soldado Roberta, do 8º Batalhão da Polícia Militar do Amapá, atua há 7 anos na corporação e está participando do Curso de Agente de Trânsito. Ela afirma que a participação de todos os órgãos de segurança pública de forma integrada é o que possibilita um trabalho mais eficiente na Operação Lei Seca. “Estamos felizes em receber os agentes de fora, pois podemos padronizar o nosso policiamento, e com isso, melhorar mais ainda nossa atuação. Assim, vamos conseguir cada vez mais reduzir o número de acidentes e fazer com que a população se conscientize mais sobre os riscos de beber e dirigir”, reforçou Roberta.

Ainda na noite de sexta-feira, 10, como parte das atividades da Campanha Maio Amarelo, houve intervenção em bares e boates de Macapá para a prevenção e combate a pontos de vendas de drogas e também para a busca de criminosos foragidos.

Comitê Vida no Trânsito

O Comitê Vida no Trânsito é formado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP), Companhia de Transporte e Trânsito de Macapá (CTMac), Superintendência de Transportes e Trânsito de Santana (STTrans), Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Militar (PM), Policia Rodoviária Federal (PRF) e Centro de Formação de Condutores (CFC).

Cronograma de atividades do Maio Amarelo:

Macapá

5 a 30/5 – Palestras em faculdades e escolas de Macapá e Santana. Horários e locais: A definir

7 a 30/5 – blitz repressiva. Hora: 23h às 6h em locais a serem definidos

8 a 12/5 – Aplicação de Pesquisa do Ministério da Saúde. Hora: 8h às 17h. Local: Superintendência de Vigilância em Saúde

10, 17 e 14/5 – Intervenção nos bares de Macapá. Hora: 22h às 0h

13/5 – Capacitação no Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap). Local: Hemoap. Endereço: Av. Raimundo Alvares da Costa, s/n, Centro. Horário a definir

14, 21 e 25/5 – Circuito de trânsito às margens da Rodovia JK. Hora: 10h

15/5 – Ação na área de circunscrição da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Horário a definir

16/5 – Aula inaugural do Curso de Examinador de Trânsito. Local: Detran/AP. Endereço: Rua: Tancredo Neves, nº 217, São Lázaro. Hora: 14h

29/5 – Ação educativa de trânsito. Local a ser definido pela Polícia Rodoviária Federal

5/6 – Workshop Municipalização de Trânsito. Local a definir. Hora: 8h30

7/6 – Encerramento do Maio Amarelo: I Feira de Trânsito. Local: Amapá Garden Shopping. Endereço: Rodovia JK. Hora: 16h

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Philippe Gomes / Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá