sexta, 09 de novembro de 2018 - 11:35h - 83
HE reforça segurança com instalação de detectores de metal
Equipamentos fazem parte de conjunto de medidas para garantir tranquilidade a servidores, pacientes e visitantes do Hospital de Emergência de Macapá.
Por: Elmano Pantoja
Foto: Elmano Pantoja
Aparelhos foram adquiridos através de parceria com o Iapen

Como uma das medidas anunciadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), segunda-feira, 5, em entrevista coletiva na Corregedoria-Geral da Polícia Civil, dois detectores de metal foram instalados no Hospital de Emergência de Macapá (HE) para reforçar a segurança na unidade. Os equipamentos foram colocados nas entradas da ala clínica médica e clínica ortopédica, locais que dão acesso à parte interna do hospital.

Os detectores vão funcionar as 24 horas de cada dia e serão manuseados com guarda armada e agentes de portaria, além de contar com retaguarda da Polícia Militar em um posto de patrulha que fica entre os dois portões, na recepção do hospital. Para o equipamento entrar em funcionamento foi necessária uma capacitação de profissionais com agentes do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Segundo o diretor do HE, Lucas Huan Duarte, é uma medida extremamente necessária para prevenir ataques dentro do hospital e ter melhor controle de quem e, o que, entra na unidade. “O HE é o hospital quem tem a maior demanda de todo o estado e ainda dá suporte a ribeirinhos vindos de ilhas do Pará. É quase impossível mensurar quantas pessoas entram e saem da unidade, diariamente, e equipamentos como esses vão nos ajudar a ter um melhor controle, não apenas de quem entra, mas principalmente, do que, entra no hospital”, ressalta Lucas.

Além dos por portões, o HE adquiriu detectores portáteis que serão usados pela guarda armada, em caso de detecção de metal. A medida alegrou pacientes como o mototaxista Lázaro dos Santos, internado há três dias na unidade. "Acho que essa foi uma atitude muito importante para todo mundo que é atendido aqui no hospital. Eu, que estou internado, vou até dormir mais tranquilo, sabendo que estou mais seguro”, falou Lázaro.

A medida de colocar os portões foi tomada após um adolescente de 17 anos ter entrado na unidade hospitalar, sábado, 3, e executado a tiros o paciente Jhonata Araújo Carneiro, 19 anos, que estava na sala do pós-operatório.

Além dos detectores de metal, a direção do hospital já encomendou uma grade que ficará na subida da rampa, para que o acesso de pacientes e acompanhantes também seja controlado.

O HE já contava com patrulhamento de policias civis e militares, além de vigilância terceirizada e, desde 2017, tem reforçado o sistema de monitoramento interno com  instalação de mais câmeras.

Também ficou definido que os detentos que precisarem de atendimento médico ou cirurgias não fiquem mais no Hospital de Emergência, aguardando procedimentos, mas  na enfermaria do próprio Iapen, o que também previne a ação de outros meliantes para possíveis acertos de conta dentro do hospital.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá