quarta, 09 de outubro de 2019 - 12:19h - 361
Mais de 800 agentes de segurança vão atuar na procissão do Círio em Macapá
Maior peregrinação de fé e devoção do catolicismo contará com policiais militares, bombeiros, guardas municipais e agentes de trânsito.
Por: Rita Torrinha
Foto: Netto Lacerda
Reunião de planejamento aconteceu no Comando-Geral da PM

Foi definido nesta quarta-feira, 9, em reunião ocorrida no Comando-Geral da Polícia Militar, o esquema de segurança para a procissão do Círio de Nazaré em Macapá, que ocorre domingo, 13. Mais de 800 agentes de segurança atuarão na ação conjunta que integrará policiais militares, bombeiros, guardas municipais e agentes de trânsito.

A ação foi planejada para proteger os mais de 150 mil fieis aguardados para o momento da peregrinação.

Cerca de 500 policiais militares estarão ao longo d o trajeto da romaria e contarão com apoio de 12 viaturas e 15 motos. O Corpo de Bombeiros disponibilizará 150 observadores de risco e 10 oficiais. A novidade deste ano é o resfriamento do percurso com um caminhão-tanque com capacidade para 12 mil litros de água.

O plano de segurança será reforçado por 120 guardas municipais e 40 agentes de trânsito da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac), que cuidarão do ordenamento do trânsito antes, durante e após a passagem do Círio.

Além dos agentes de segurança pública o esquema contará com 180 guardas de São José, pessoas que se voluntariam para atuar no cordão de contenção da imagem de Nazaré.

Ao fim da reunião de alinhamento o coordenador da Guarda de São José e da procissão do Círio falou da importância do planejamento integrado da segurança.

“Esperamos mais de 150 mil pessoas. São mais de duas horas de caminhada e haverá muitas crianças e idosos. Por isso, pensar a participação de cada órgão da segurança na atuação do Círio é uma das fases principais do evento. Juntos, vamos realizar uma peregrinação tranquila, de muita fé”, disse o coordenador Euclides Sena, representante da Diocese de Macapá.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá