sábado, 28 de maio de 2016 - 16:12h - 3486
SAMU e órgãos de trânsito simulam acidente envolvendo 40 vítimas
Foi utilizado o Protocolo de Triagem Rápida pelo método START, que é usado em todo o Brasil para atender didaticamente todos os envolvidos no acidente.
Por: Elmano Pantoja
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AP), realizou neste sábado, 28, uma simulação com cerca de 100 profissionais para aperfeiçoar o atendimento de resgate em casos de urgência e emergência.

A simulação aconteceu na avenida Mendonça Júnior, em frente ao Estádio Glicério Marques. Na encenação, dois carros de passeio e dois micro-ônibus se chocaram deixando quarenta pessoas feridas. Foi utilizado o Protocolo de Triagem Rápida pelo método START, que é usado em todo o Brasil para atender didaticamente todos os envolvidos no acidente.

Por esse método, as vítimas são classificadas por quatro cores, de acordo com a gravidade. Os que estão muito graves são identificados com a cor vermelha; os pacientes graves, mas com o quadro clínico considerado instável, são classificados com a cor amarela; e os que estão menos graves, que conseguem andar e falar, são identificados com a cor verde. A cor preta classifica os pacientes que não têm condições de atendimento e que já estão em óbito.

Atendimento integrado

Esse também foi o II Simulado Nacional da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT). A atividade une as ações do Maio Amarelo, e tem como objetivo promover a integração e o treinamento das equipes de atendimento pré-hospitalar em situações que envolvam múltiplas vitimas.

Para a vice-diretora da SBAIT no Amapá, a tenente-coronel Karina Ferreira, do Corpo de Bombeiros, é sempre bom ficar atento aos riscos no trânsito. “Acidentes de trânsito são a maior causa de mortes no Brasil. Essas ações são importantes para as equipes que atuam no atendimento de urgência e emergência, mas também são importantes para conscientizar a população que deve ter mais prudência ao dirigir”, enfatizou Karina.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá