quinta, 09 de maio de 2019 - 21:35h - 2038
Gestor do Prodap preside associação nacional de entidades de Tecnologia da Informação
É a primeira vez que um amapaense assume a gestão da Abep; órgão congrega todas as empresas Estaduais de Tecnologias da Informação e Comunicação do Brasil.
Por: Weverton Façanha
Foto: Sidney Cardoso/Prodap
Lutiano Silva defende maior participação dos Estados nas discussões em nível nacional sobre Tecnologia da Informação

O diretor-presidente do Centro de Gestão da Tecnologia da Informação do Amapá (Prodap), Lutiano Silva, assumiu recentemente a presidência da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de TIC (Abep), para o biênio 2019/2020. O órgão congrega todas as empresas Estaduais de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) do Brasil. Um dos desafios da nova gestão é uma aproximação maior com o governo federal e mais participação dos Estados nas decisões que envolvam a tecnologia em nível nacional.

“As empresas estaduais de TIC necessitam apresentar serviços à população, e a conectividade é o grande desafio hoje, principalmente no interior do país, onde, em algumas regiões, existem áreas descobertas de conexões e precisamos nos esforçar e trabalhar de forma conjunta para mudar essa realidade”, enfatizou o presidente da Abep, Lutiano Silva, que era vice-presidente da entidade.

Em outra vertente a associação já trabalha para estar próxima do governo federal e um exemplo disso é a presença da Abep nas discussões sobre a Medida Provisória 869/2018, aprovada recentemente pelo Senado Federal. A MP dispõe sobre a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais que tem, entre suas diretrizes, a criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão regulador que será submetido à União para fiscalizar e orientar as empresas de TIC dentro da nova lei.

“A Abep acredita que seja necessária uma política pública voltada à conectividade e à segurança dos dados dos cidadãos, o que também é papel das associadas nos Estados”, pontua o presidente Lutiano.

Metas

Entre as medidas da nova gestão destacam-se a ampliação da participação dos Estados junto ao governo federal na elaboração de um planejamento estratégico para os próximos quatro anos; um pacote de modernização dos processos internos da entidade; e mais participação dos diretores técnicos, administrativos e financeiros nos Grupos de Trabalho dos Estados – parcerias interestaduais que criam estratégias de TIC para todas as afiliadas, a partir de temas como direito digital e segurança da informação.

O novo presidente da Abep também enviou aos demais componentes da associação uma mensagem com diversas preposições e afirmou que está aberto a sugestões para melhorar a entidade. Silva afirmou que, em no máximo 30 dias, apresentará um plano de trabalho completo.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá